icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
26/06/2014
14:25

A dois dias do confronto diante do Chile pelas oitavas de final da Copa do Mundo, Luiz Felipe Scolari não aprovou o desempenho do time titular em coletivo realizado na Granja Comary nesta sexta-feira e promoveu quatro mudanças, três delas por opção técnica ou tática. Fernandinho, como esperado, começou a atividade como titular no lugar do barrado Paulinho. Depois, Maicon e Ramires ganharam chances.

A atividade teve duração de aproximadamente 50 minutos e terminou empatada por 2 a 2. O coletivo foi marcado por equilíbrio e lances inusitados protagonizados justamente pelos jogadores que foram envolvidos nas trocas promovidas por Felipão.

Ainda no primeiro tempo, quando os titulares venciam por 1 a 0 depois de gol de Fred, Paulinho, barrado para a entrada de Fernandinho, empatou. A jogada foi criada por Willian, que arrancou do meio de campo, invadiu a área e tocou para o volante.

Logo após o gol, Felipão exigiu que os reservas pressionassem a saída de bola. Com dificuldades para jogar, os titulares dependiam de Oscar e Neymar voltarem para buscar o jogo.

Na segunda parte da atividade, o treinador fez nova mudança. Pela primeira vez, Maicon ganhou uma oportunidade e Daniel Alves foi para os reservas. Como mostrou o LANCE!Net, o setor gera enorme preocupação. O lateral reserva, entretanto, não teve uma boa atuação. Além de ter marcado um gol contra ao tentar tirar bola alçada para área, o jogador desperdiçou uma oportunidade dentro da área.

Pouco antes, Felipão teve de colocar Dante no lugar de David Luiz, que deixou o campo com dores na região lombar. Ele seguiu imediatamente para o vestiário, mas não deve ser problema para a partida contra o Chile, no sábado.

Na quarta e última alteração, o treinador lançou Ramires na vaga de Hulk. O atacante foi outro a ter uma performance ruim no coletivo. No primeiro tempo, errou algumas jogadas à frente e, antes de ser sacado, desperdiçou dois gols frente a frente com o goleiro Victor.

O empate dos titulares saiu somente depois de uma jogada repetida de escanteio. No lance, a bola sobrou para Fernandinho, que lançou Oscar. O meia chutou com força, Victor defendeu, mas a bola voltou para o jogador que só empurrou contra o gol. No momento, Fred chegou a comemorar:

- Nós estamos precisando é disso aí!

Destaque do Brasil na Copa, Neymar desta vez não brilhou no coletivo. O camisa 10 teve algumas oportunidades para marcar. Uma delas parou no travessão, após cavadinha dentro da grande área. Outras, porém, foram cortadas pelos companheiros após o atacante ter abusado de preciosismo no lance.

A equipe trabalhou com Julio Cesar, Daniel Alves (Maicon), Thiago Silva, David Luiz (Dante) e Marcelo; Luiz Gustavo, Fernandinho e Oscar; Hulk (Ramires), Neymar e Fred. Felipão ainda fará um trabalho tático nesta sexta, em Belo Horizonte, local do jogo de sábado, no Mineirão.