icons.title signature.placeholder Fábio Aleixo
01/03/2014
17:37

Thomaz Bellucci (108º do mundo) voltou para um jogo quase perdido, teve a chance de ficar com a vitória, mas acabou eliminado do Aberto do Brasil na semifinal e frustrou a torcida.

Na tarde deste sábado, no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, o brasileiro deu adeus a chance de ganhar um título em casa ao cair ante o argentino Federico Delbonis (61º) por 2 sets a 1, com parciais de 6-4, 6-7 (5-7) e 6-4, em 2h09.

No set decisivo, Bellucci chegou a liderar por 4 a 2, mas acabou sucumbindo nos momentos decisivos e teve o serviço quebrado por duas vezes seguidas.

Esta é a segunda vez que Bellucci é eliminado na semifinal do torneio brasileiro. Em 2012, também em São Paulo, havia perdido para o italiano Filippo Volandri. Em 2009, na Costa do Sauípe ficou com o vice-campeonato ao ser superado pelo espanhol Tommy Tobredo.

Apesar do revés, Bellucci vai aparecer no Top 90 do ranking mundial a ser divulgado na segunda-feira.

Já Delbonis lutará neste domingo pelo seu primeiro título de ATP. Às 16h (de Brasília), ele encara o azarão italiano Paolo Lorenzi (114º). Será a segunda final do argentino, que foi vice-campeão do ATP 500 de Hamburgo no ano passado.

O JOGO

Nas duas primeiras vezes que foi ao saque, Bellucci se mostrou muito consistente, assim como havia ocorrido na sexta-feira diante de Martin Klizan. O brasileiro ganhou todos os pontos com o primeiro serviço.

Delbonis também mostrou intensidade no saque e deu poucas chances ao paulista. Assim, rapidamente o placar ficou em 2 a 2.

No quinto game, Bellucci começou a oscilar mais. E foi o suficiente para Delbonis crescer e obter a sua primeira quebra.

O brasileiro deu azar no ponto em que definiu o game a favor do adversário. Do fundo de quadra, o argentino rebateu a bola, que tocou caprichosamente na fita de rede e o deixou vendido. Apesar de ainda chegar na bola, Bellucci não conseguiu devolvê-la para o outro lado.

No sétimo game, o brasileiro se complicou de novo e precisou salvar dois break points. Ele ainda discutiu com o juiz de cadeira. Quando tinha a vantagem para fechar a parcial, o paulista acertou um voleio que foi muito perto da linha. Mas o juiz marcou fora. Bellucci ficou discutindo por cerca de 30 segundos. Na sequência, porém controlou os nervos para confirmar o saque e ficar com o placar de 3-4.

Em vantagem, Delbonis precisou apenas controlar o marcador para consolidar o seu triunfo na parcial inicial.

No segundo set, o roteiro foi idêntico ao do primeiro. No quinto game, Bellucci errou bastante e cedeu a quebra para Delbonis em um ponto em que teve duas chances de ganhar. Porém, acabou levando uma passada.

No oitavo game, com o apoio da torcida, o brasileiro contou com a ajuda do público e conseguiu sua primeira quebra na partida, igualando o placar em 4 a 4. Nos momentos decisivos, a torcida gritou, vaiou o argentino e vibrou quando Delbonis mandou a bola para fora no primeiro break point que teve de enfrentar.

Com a paridade no marcador, o set teve de ser decidido no tie break. E o brasileiro conseguiu sair do buraco. Delbonis chegou a liderar com 5 a 4 e com dois saques a seu favor. Porém, no momento decisivo, o argentino cometeu erros que não tinha cometido até então. O brasileiro conseguiu ganhar três pontos seguidos e levar o set.

A vitória no tie break encheu de confiança Bellucci e fez Delbonis abaixar um pouco a guarda. No terceiro game, o argentino sucumbiu e acabou quebrado. Confirmando seu serviço na sequência, o paulista abriu 3 a 1.

Mas Bellucci não soube aproveitar a vantagem e o momento favorável. No oitavo game, o brasileiro foi quebrado ao cometer uma dupla-falta. Delbonis conseguiu o empate em em 4 a 4 e na sequência fez 5 a 4.
O brasileiro perdeu a cabeça e sofreu nova quebra no décimo game. Fim do sonho.