icons.title signature.placeholder Fellipe Lucena
23/07/2014
22:34

A Ressacada já havia esvaziado e quase todos os titulares do Palmeiras estavam no ônibus quando o técnico Ricardo Gareca voltou ao gramado para supervisionar um treino dos jogadores reservas. Por cerca de uma hora, todos que ficaram no banco - incluindo Bruno César, Mazinho e Gabriel Dias, que entraram durante a vitória por 2 a 0 sobre o Avaí - fizeram atividades físicas e uma movimentação com bola.

Essa prática é comum para a nova comissão técnica, mas nos dois jogos anteriores não contou com a presença do chefe. Desta vez, o argentino acompanhou tudo de perto, embora não tenha passado nenhuma orientação aos atletas. Preferiu conversar com membros da comissão técnica, provavelmente sobre situações do jogo que não lhe agradaram. Com Fernando Miranda, preparador de goleiros, o papo foi mais longo e cheio de gestos.

Bruno César deixou o gramado com expressão de dor e levando a mão à coxa esquerda. Queixou-se aos médicos que estava sentindo dores para fazer determinados movimentos durante a partida e deve ser reavaliado nesta quinta.

A delegação embarca de volta a São Paulo pela manhã e terá o dia de folga. Na sexta, inicia a preparação para o clássico contra o Corinthians, domingo, na Arena Corinthians, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.