icons.title signature.placeholder Gabriel Carneiro
23/06/2014
09:30

Com vaga reservada no Hotel Fazenda Amoreiras, em Extrema (MG), o zagueiro Anderson Martins ainda não assinou contrato com o Corinthians por conta do atraso para a liberação de seu empréstimo do Al-Jaish, do Qatar, até maio de 2015.

O clube árabe permitiu a saída do zagueiro de 26 anos porque ele estava prestes a ser pai, e desejava permanecer no Brasil. No entanto, o Al-Jaish tem dois proprietários, e o documento de liberação precisa de duas assinaturas. O papel timbrado que chegou ao Corinthians só possuía uma delas, e o novo contrato não foi registrado.

Os brasileiros têm pressionado o clube do Qatar e o empresário Carlos Leite para solucionar logo o imbróglio, pois o técnico Mano Menezes queria entrosar Anderson Martins ao grupo ainda no período de treinos em Extrema, que irá durar somente até a próxima quinta-feira, dia 26.

Pai de Lemuel, que nasceu em Fortaleza (Ceará) e completou neste domingo uma semana de vida, Anderson Martins aguarda a segunda assinatura para realizar exames médicos em São Paulo e depois partir para Minas Gerais. Os advogados do Timão aguardam o aval a qualquer momento.