icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
icons.title signature.placeholder Renato Rodrigues
30/07/2013
11:13

Enquanto Emerson Sheik, Paulo André e Ralf já passaram dos cem jogos com a camisa do Corinthians, a partida desta quarta-feira, contra o Grêmio, no Pacaembu, será de extrema importância para Igor. Revelado pelas categorias de base, o jovem de 21 anos substituirá o suspenso Fábio Santos e terá mais uma chance para mostrar que dá conta do recado na posição.

Com seis jogos e 435 minutos em campo nesta temporada, ele surpreendeu principalmente no clássico contra o Santos, no Paulistão, no Morumbi, quando começou jogando e mostrou bastante maturidade. Mesmo assim, a diretoria alvinegra chegou a procurar outros nomes para ser a sombra do titular. Alan, da Chapecoense, chegou a ser estudado, mas caiu no doping e as negociações esfriaram.

Apesar das tentativas dos cartolas, o técnico Tite sempre elogiou Igor após suas atuações. Com boas qualidades defensivas, caiu no gosto do comandante, que não costuma admirar laterais que atacam sem ter responsabilidade com o setor defensivo.

Prova da moral do garoto no Parque São Jorge, é que Denner, campeão da Copa São Paulo de Juniores de 2012, e que era apontado como grande promessa, foi emprestado para o Atlético-GO até o final desta temporada. O elenco conta neste momento apenas com Igor para a posição. Guilherme Andrade, que atua improvisado por ali, ainda se recupera de uma grave lesão no joelho e deve voltar a jogar apenas em setembro.

Enquanto isso, Igor, um dos poucos jogadores revelados pela base do Timão que está sendo usado, vai convencendo Tite, a diretoria, e, principalmente, a Fiel...

Enquanto Emerson Sheik, Paulo André e Ralf já passaram dos cem jogos com a camisa do Corinthians, a partida desta quarta-feira, contra o Grêmio, no Pacaembu, será de extrema importância para Igor. Revelado pelas categorias de base, o jovem de 21 anos substituirá o suspenso Fábio Santos e terá mais uma chance para mostrar que dá conta do recado na posição.

Com seis jogos e 435 minutos em campo nesta temporada, ele surpreendeu principalmente no clássico contra o Santos, no Paulistão, no Morumbi, quando começou jogando e mostrou bastante maturidade. Mesmo assim, a diretoria alvinegra chegou a procurar outros nomes para ser a sombra do titular. Alan, da Chapecoense, chegou a ser estudado, mas caiu no doping e as negociações esfriaram.

Apesar das tentativas dos cartolas, o técnico Tite sempre elogiou Igor após suas atuações. Com boas qualidades defensivas, caiu no gosto do comandante, que não costuma admirar laterais que atacam sem ter responsabilidade com o setor defensivo.

Prova da moral do garoto no Parque São Jorge, é que Denner, campeão da Copa São Paulo de Juniores de 2012, e que era apontado como grande promessa, foi emprestado para o Atlético-GO até o final desta temporada. O elenco conta neste momento apenas com Igor para a posição. Guilherme Andrade, que atua improvisado por ali, ainda se recupera de uma grave lesão no joelho e deve voltar a jogar apenas em setembro.

Enquanto isso, Igor, um dos poucos jogadores revelados pela base do Timão que está sendo usado, vai convencendo Tite, a diretoria, e, principalmente, a Fiel...