icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2013
18:36

O Fluminense luta contra o rebaixamento e tem um jogo importante pela frente no próximo sábado, às 19h30, contra o Atlético-MG. Na última temporada as duas equipes disputaram rodada à rodada o título brasileiro que acabou ficando nas Laranjeiras. Questionado se o rival teria um gosto especial em vencer o Flu e empurrar o clube para a segunda divisão, o lateral Igor Julião descartou a possibilidade.

- Essa rivalidade não existe muito não. Esse jogo para gente ainda conta como título, mas acho que tudo surgiu no ano passado e não passa muito disso Ficou para trás - acredita.

Ainda no primeiro ano como profissional, Julião aos poucos vai se acostumando com a nova rotina. O atleta teve contato nesta semana com ex-jogadores do Flu e disse ter ficado inspirado para ajudar a equipe no fim de semana:

- O Assis ficou muito tempo com a gente em Xerém. Nos deu muitos conselhos. Hoje pude apertar a mão do Romerito e fiquei feliz da vida. E o Fred que é um ídolo eterno do Flu e poder jogar ao lado dele nos enche de moral e nos deixa confiante.

O jogador também enfatizou o apoio dos jogadores mais experientes do elenco para o Tricolor dar a volta por cima.

- Nosso grupo é extraordinário. Edinho, Felipe e todos os experientes nos passam segurança. Eles falam que o que acontecer vai cair na conta deles. São pessoas de bem que sempre conversam com os jovens para nos ajudar a sair desse momento.

Contudo, Julião admitiu ter uma grande responsabilidade no destino do Fluminense:

- A responsabilidade é grande, mas como profissional tenho que estar preparado. Acho que isso vai me ajudar a ganhar maturidade para a próxima temporada.