icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
18/12/2013
17:40

Pouco tempo depois do lançamento do livro do presidente do Porto, Pinto da Costa, o Benfica também mostrou uma publicação, mas de um dos seus maiores ídolos de todos os tempos: Simões, o "Magriço". "Personalidades e reflexões do mais jovem campeão europeu da História" foi escrito pelo próprio ex-craque, que foi homenageado no Museu Cosme Damião e recebeu muitos elogios do presidente Luís Filipe Vieira.

- Só posso agradecer, enquanto presidente do Benfica, tudo o que deu a este clube. Ser titular no Benfica, com 17 anos, é obra! Ser campeão europeu, com 18, deve ser algo único. Ser considerado, aos 20 anos, o melhor ponta esquerda da Europa é impressionante - disse o presidente do Benfica, que foi complementado por Paulo Bento, técnico da seleção portuguesa:

- Estamos falando de um dos grandes jogadores do nosso futebol, do mais novo campeão europeu, que fez parte de grandes equipes, seja em termos de clube ou de seleções.

O próprio ex-jogador, que não escondeu a emoção durante o evento no museu do Benfica, falou um pouco sobre o desafio de escrever o livro, em seu discurso.

- A ideia nasceu com um amigo, o João Malheiro, e depois fomos por aí fora. Comecei a gostar da ideia e fui em frente. Em determinada altura da minha vida, eu pensei em fazer qualquer coisa semelhante mas estava receoso e aí o João me deu a coragem e o atrevimento de escrever, que é uma coisa que não é nada fácil - explicou.