icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/12/2013
19:16

Poucos jogadores conseguem, em pouco mais de um ano, ter uma evolução tão grande no futebol como o meia-atacante Hyuri, do Botafogo. Em dezembro de 2012, o jogador, hoje com 22 anos, estava comemorando o acesso do Audax-RJ, então time dele, para a primeira divisão do Campeonato Carioca. Hoje, 365 dias depois, ele está jogando ao lado de Seedorf e sonhando com a estreia na Libertadores.

Não à toa, Hyuri ainda tem dificuldade para dimensionar onde chegou nesta temporada. Mostrando certo deslumbramento, o camisa 17 do Alvinegro diz que jamais tinha pensado que conseguiria evoluir na carreira em um espaço tão curto de tempo.

- Consegui sair do Audax, que era um time de menor expressão, e estou no Botafogo, um time grande. Consegui chegar bem e fazendo parte desta campanha histórica. Conseguimos recolocar o Botafogo na Libertadores. Fico feliz de terem apostado em mim, mas nem no meu melhor sonho eu ia imaginar isso - afirmou ele à Rádio Brasil, falando da experiência de jogar ao lado de Seedorf:

- Foi excelente ter essa oportunidade. Não imaginava jogar ao lado de um cara que nem ele. Sempre me deu muito toque. Até porque é uma situação única. Há um ano atrás jogava com ele no videogame e hoje estou do lado do cara no campo. Fico feliz de receber uma ajuda de quem viveu o que eu vou viver daqui a pouco.