icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/03/2014
10:55

Com a derrota por 2 a 0 para o Flamengo, neste domingo , no Maracanã, pela 13ª rodada, o Botafogo deu adeus definitivamente ao Campeonato Carioca. Em entrevista coletiva, após o clássico, o técnico Eduardo Hungaro reafirmou sua opinião de que o desempenho do time reserva, que jogou a maioria das partidas do Estadual, ficou aquém do esperado.

Apesar de ter sempre reconhecido que a prioridade de todos no clube era a disputa da Copa Libertadores, Eduardo Hungaro afirmou que todos estão chateados pela não classificação à semifinal. Agora, concentrado apenas na disputa da competição sul-americana, o treinador disse que não dá para afirmar que isto será garantia de sucesso.

- Nosso sentimento é de chateação. O tempo todo temos dito que a prioridade é a Libertadores. Se vamos ter proveito dessa situação, o futuro vai dizer. O imaginado era termos chegado nesse período disputando as duas competições em condições de ganhar - afirmou, justificando mais uma vez a escolha de escalar os reservas no Estadual, assim como no clássico deste domingo:

- Em função disso, na maior parte das vezes essa equipe tem atuado no estadual. Temos uma viagem cansativa amanhã, vamos jogar na altitude. Esse sentimento do torcedor é o de todos nós. Tenho dito após os resultados negativos que não é o que a gente quer, pois está aquém do que o Botafogo deveria estar realizando. Ninguém está mais triste do que os jogadores e a comissão. Poderíamos ter tudo para fazer resultados melhores e, assim, garantirmos a classificação para a semifinal. Ela não veio, e estamos muito tristes.

MAIS
> Você acredita que a eliminação no Carioca pode ajudar o Botafogo na Libertadores?
> Eduardo Hungaro elogia estreia de Zeballos pelo Botafogo: 'Foi boa'
> Mesmo com Botafogo derrotado, Hungaro afirma que clássico foi equilibrado

Na manhã desta segunda-feira, o elenco treina no Engenhão. À tarde, às 16h, a delegação embarca para o Equador, onde na quarta, às 19h45, enfrenta o Independiente del Valle, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. Os jogadores ficarão em Guayquil até horas antes da partida. Na terça, ás 17h, Hungaro comanda treino no Ciudad Desportiva.

Pés no chão! Hungaro sonha com Libertadores mas prega cautela