icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
23/03/2014
10:54

De acordo com o técnico Eduardo Hungaro, os resultados obtidos pelo time do Botafogo, que encerrou a sua participação no Campeonato Carioca, neste sábado, empatando em 1 a 1, com o Nova Iguaçu, em Moça Bonita, ficaram distantes das tradições alvinegras. Segundo o comandante, mesmo atuando com os reservas na maioria das partidas, era obrigação da equipe terminar a competição de forma mais honrosa.

- Foi um Estadual muito aquém do que imaginávamos. Nada a ver com a tradição do Botafogo. Temos que ter muita responsabilidade e seriedade na avaliação disso. Esta avaliação é muito importante para a sequência do ano. Foi um campeonato para esquecermos. Foi um resultado que não esperávamos. Mas tiramos conclusões, e elas são internas - disse Hungaro, reconhecendo, porém, que o Estadual foi útil para a observação e avaliação do elenco:

- O campeonato também serviu para mostrarmos algumas situações que vamos resolver internamente, melhorando a performance de alguns jogadores e sabendo também com quem podemos contar nesse andamento da Libertadores. Hoje temos um raio-x de quase todos os jogadores, porque foram observados. Agora temos o andamento na Libertadores e o início do Brasileiro, que muito mais difícil do que o estadual. Temos que estar em alerta para os resultados que tivemos nesta competição.

Apesar dos lamentos do treinador, durante toda a competição ele defendeu o planejamento traçado pela diretoria de priorizar a disputa da Copa Libertadores no primeiro semestre. Para isso, foram montados dois grupos de jogadores: um para a disputa do Estadual, com os reservas, e outro para jogar a competição sul-americana, com o time titular. Segundo ele, a liderança no Grupo 2 da Libertadores até aqui, mostra que a opção foi correta.

Eliminado da disputa do título do Estadual, o Botafogo terminou sua participação na competição na oitava colocação com 17 pontos. No entanto, dependendo de alguns resultados deste domingo, a classificação pode piorar. O time voltará a jogar no próximo dia 2 de abril, no Maracanã, diante do Unión Española, pela fase de grupos da Copa Libertadores. Neste domingo, o elenco está de folga.