icons.title signature.placeholder Eduardo Mendes, Maurício Oliveira e Thiago Salata
15/06/2014
12:10


Hulk admitiu que está sentindo dores musculares na coxa esquerda e não garantiu sua escalação no jogo contra o México, na próxima terça-feira, em Fortaleza. O atacante deixou o treino da manhã deste domingo, na Granja Comary, em Teresópolis, e passou a preocupar o técnico Luiz Felipe Scolari. No treino de terça-feira, antevéspera da estreia contra a Croácia, ele já havia deixado o treino mais cedo por causa do mesmo problema.

- No treino, finalizei duas vezes e senti um incômodo. Resolvi sair por precaução, faltam dois dias para o jogo. Tem de jogar, é Copa do Mundo, espero ajudar a Seleção. Mas quem vai decidir é o Felipão. Vamos conversar e ver o que é melhor - disse o atacante.

- Eu já venho sentindo essas dores na parte posterior da coxa esquerda há alguns dias, mas elas não me impediram de jogar na estreia, por exemplo. Estou conseguindo fazer o que tenho de fazer em campo.


Depois de sair do treino, Hulk foi substituído pelo volante Ramires. Com a mudança, o meio de campo ganhou força na marcação, mas perde agressividade e velocidade no ataque.

Paraibano, Hulk ainda citou a importância de jogar no Nordeste, perto da família.

- O jogo vai ser no Nordeste, minha família vai estar toda lá, espero jogar e não posso ficar fora.