icons.title signature.placeholder Diez
06/06/2014
14:28

Os jogadores de Honduras estão liberados para fazer sexo durante a Copa no Brasil. A liberação é do preparador físico Carlos Gutiérrez. A ressalva é que sejam comedidos, mas são os próprios jogadores que definirão seus limites.

- A ideia é que o assunto seja tratado da melhor maneira possível e que os jogadores desfrutem a Copa, obviamente com a seriedade e responsabilidade necessárias – declarou o preparador físico bicolor.

A grande dúvida que ronda o ambiente é sobre quanto tempo antes de uma partida os jogadores podem ter relações sexuais.

- Há diferentes teorias. Penso que 24 horas antes é uma medida adequada. Outros podem dizer 48 horas, mas tem correntes que dizem que o sexo antes da competição baixa muito o nível de stress e, se muito, pode prejudicar o rendimento. No fim, é algo muito pessoal – afirmou Gutiérrez.

Na concentração hondurenha, segundo o jornal Diez, as esposas têm oportunidade de visitar seus companheiros nos horários livres, para que a ordem seja mantida.