icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/06/2014
11:10

Classificada para as oitavas de final da Copa do Mundo, a Holanda terá uma decisão pela frente. A equipe do técnico Louis Van Gaal enfrenta o Chile, no embate que decretará quem fica com a liderança do Grupo B. No entanto, o comandante holandês que vem de duas vitórias na competição, quando venceu a Espanha (5 a 1) e Austrália (3 a 2), pode ter dois importantes desfalques em sua equipe vitoriosa e deverá ser obrigado a fazer mudanças. Além de mexer nos 11 titulares, o treinador também deve alterar o esquema tático da Laranja Mecânica.

Após sofrer uma concussão na última quarta-feira, em partida diante da Austrália, o zagueiro Bruno Indi Martins é deslfalque certo para o último jogo da primeira fase. O jovem chegou a passar uma noite no hospital de Porto Alegre. Com a perda, Van Gaal deve mudar o esquema que usou (5-3-2) nos dois primeiros jogos e deve adotar uma tática natural da Holanda, o 4-3-3. Para o lugar do zagueiro, o técnico que assumirá o Manchester United após a Copa deverá dar uma chance a Depay.

Antes do jogo contra a Austrália, o treinador já havia testado a formação, mas não utilizou contra os Cangurus. Além do desfalque de Bruno Indi, outro que não estará em campo é o artilheiro Robin Van Persie. O jogador recebeu o segundo amarelo e ficará de fora da partida por suspensão automática. O atacante do Manchester United já marcou três gols nesta competição, dois sobre a Espanha e um sobre a Austrália, estando entre os artilheiros deste Mundial.

Substituto do artilheiro

 Para a vaga de Van Persie, Van Gaal tem diversas opções. O treinador conta com Kuyt, Huntelaar e Lens, jogadores de qualidade e que tem a cofiança do comandante da Holanda, mas o provável substituto será Lens, com quem o técnico conversou por um longo tempo no treinamento desta quinta-feira, na Gávea.

Pendurados

Dois jogadores da Holanda terão que tomar cuidado para não ficarem de fora das oitavas de final: De Vrij e De Guzmán estão pendurados com um cartão amarelo e deverão ter cuidado para não tomar outro, serem suspensos e desfalcar a Holanda na segunda fase da competição.

Vale a liderança

A Holanda encara o Chile no jogo mais importante da primeira fase para as duas equipes. Ambas com seis pontos, o jogo na Arena Corinthians, no dia 23 de junho, decide quem ficará com a liderança do Grupo B. O primeiro colocado do Grupo B, enfrenta o segundo do Grupo A, da mesma forma com que o primeiro do Grupo A, enfrenta o segundo do Grupo B. Pensando nisso, as duas seleções tem chances de enfrentar a Seleção Brasileira e este fator pode pesar para apimentar ainda mais este confronto, já que por uma questão lógica, ninguém quer enfrentar o anfitrião logo nas oitavas de final.