icons.title signature.placeholder Michel Castellar
13/07/2014
09:30

O técnico da Holanda, Louis van Gaal, conhecido por ser sisudo, usou de toda a sua sinceridade para elogiar a realização da Copa do Mundo no Brasil. E os afagos dele à competição foram ratificados pelo atacante Arjen Robben, do Bayern de Munique.

Indagado sobre a avaliação que fazia da organização brasileira da Copa do Mundo, após tantos boatos de que seria uma catástrofe antes de seu início, o treinador holandês revelou ter se impressionado com o povo. E até falou que, desta vez, ao contrário do que ocorreu em 2013, quando esteve no País para acompanhar a disputa da Copa das Confederações, nem as manifestações populares de protesto ocorreram.

- Fiquei impressionado como o povo é amigável. Sempre que os jogadores foram às ruas ou à praia, o povo brasileiro foi incrivelmente gentil. Isso é algo que gostaria de enfatizar e agradecer. A Copa que foi muito bem organizada - destacou o treinador da Holanda.

Apesar de ressaltar ter sido esta a sua primeira experiência em uma Copa do Mundo, van Gaal disse que nenhuma crítica tinha a fazer em relação à organização. E citou, como exemplo de eficiência, o fato de os eventos sempre ocorrerem na hora certa além do apoio recebido das forças de segurança.


Robben, que por sua atuação foi eleito o melhor do confronto em que a Holanda venceu o Brasil, por 3 a 0, na tarde de sábado, no Estádio Mané Garrincha, em Brasília, destacou que o apoio dado pelos brasileiros ao time europeu foi único. E, em seguida, agradeceu pelo carinho recebido.

- Gostaria de agradecer a todo povo brasileiro pelo excelente suporte. Foi uma experiência única para todos do grupo - afirmou Robben.