icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2014
11:25

Após 23 anos de jejum, Rubens Barrichello voltou a ser campeão no automobilismo. Neste domingo, o ex-piloto da Fórmula 1 conquistou o título da Stock Car, ao ficar na terceira colocação na etapa final da categoria, em Curitiba. A vitória foi de Daniel Serra, com Átila Abreu em segundo lugar.

Barrichello não terminava um campeonato na primeira posição desde 1991, quando faturou a Fórmula 3 Inglesa. Neste intervalo, o piloto passou pela Fórmula 1 e pela IndyCar.

O piloto da equipe Full Time foi campeão já em sua segunda temporada na Stock Car. Em 2014, ele venceu duas corridas, sendo uma delas a Corrida do Milhão, em Goiânia.

A CORRIDA

O início da etapa de Curitiba foi bastante confusa. Na primeira curva, alguns toques e rodadas deixaram detritos no traçado, e um dos concorrentes ao título, Thiago Camilo, se acidentou e abandonou a disputa.

Tudo isso teve consequências na prova e na corrida de Rubens Barrichello. Largando na pole position, o agora campeão caiu para a quarta posição, ao escapar em uma das primeiras curvas na segunda volta. Pelo rádio, pilotos relatavam que havia algum líquido (óleo ou água) na saída da curva onde Rubinho colocou as rodas de seu carro na grama. Tanto que outros competidores, como Cacá Bueno, também perderam a direção, mas continuaram na prova. 

Na confusão, Daniel Serra assumiu a liderança. Átila Abreu, que também lutava pelo título (era o vice-líder, posição que manteve na classificação final), ficou em segundo lugar. Allam Khodair subiu para terceiro.

No pelotão de frente, a única mudança de posições até o fim da prova foi entre Khodair e Rubinho, que aconteceu após o primeiro demorar um pouco mais do que o normal no pit stop - os dois foram companheiros de equipe em 2014. Como a quarta ou a terceira posições davam o campeonato a Barrichello, ele apenas administrou sua prova até a bandeira quadriculada, sem ser ameaçado por pilotos que vinham atrás, e sem atacar quem estava à frente.

- Quero agradecer à equipe, que me deu um carro sensacional para a corrida. Levamos um susto no começo, eu quase rodei. Minha família está aqui do meu lado, não tem com descrever este sentimento - falou Barrichello, que esteve acompanhado no pódio pelos filhos Dudu e Fernando.