icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/02/2015
14:00

Valdir Bigode não estará em campo no clássico deste domingo, contra o Fluminense, no Estádio Nilton Santos. pela sexta rodada do Campeonato Carioca. Entretanto, a torcida espera que, mesmo do banco de reservas, ele transmita a sua fama de carrasco tricolor aos jogadores. Quando era jogador, o ex-atacante faturou os estaduais de 1993, 1994 e 2003. Todos em cima do rival.

Hoje, Valdir é auxiliar técnico do Cruz-Maltino. Considerado ídolo do clube e com ótima relação com o presidente Eurico Miranda, ele também esteve presente na conquista do Campeonato Carioca 1992. Apesar de não haver decisão, pois era em pontos corridos, o título foi confirmado após uma vitória sobre o Fluminense.

E as histórias de Valdir contra o rival tricolor não param por aí. Em 2004, último grande ano dele, marcou três gols em uma goleada de 4 a 0 sobre o Fluminense, na fase de grupos da Taça Rio. Depois, as equipes se reencontraram na decisão da mesma Taça Rio. Resultado? 1 a 0 Vasco, gol de Valdir Bigode.

Apesar de ser considerado um ídolo do clube, Valdir conquistou estes quatro estaduais foram os únicos títulos de maior importância com a camisa do Vasco. Após se aposentar em 2006 e tentar a carreira como técnico, foi convidado para o cargo de auxiliar técnico permanente na gestão de Eurico e aceitou na hora.