icons.title signature.placeholder RADAR / LANCEPRESS!
18/02/2015
15:47

A primeira rodada da fase de grupos da Copa Libertadores começa nesta quarta-feira para Corinthians e São Paulo, que jogam às 22h, na Arena Corinthians. A casa alvinegra, em Itaquera, deve receber público recorde. Já foram foram comercializados 37 mil ingressos para a partida histórica e esse é um dos motivos que fazem valer a pena acompanhar o clássico. Mas não o único! Por isso, o LANCE!Net listou sete motivos para você não perder o Majestoso.

- Primeiro Majestoso da Libertadores

É a primeira vez que o os dois times se enfrentam pela Copa Libertadores da América. Em confrontos internacionais, entretanto, o Corinthians leva vantagem. São quatro jogos (Recopa Sul-americana de 2012 e Copa Conmebol de 1994) e três vitórias alvinegras.

- Casa cheia

A carga total de ingressos disponibilizados é de 42 mil bilhetes, incluindo a torcida visitante. Cerca de 37 mil já foram comercializados para os torcedores alvinegros. É o maior público que a Arena Corinthians vai receber desde a Copa do Mundo.

- Duelo de especialistas

Quase metade do elenco de cada um dos times tem experiência na Libertadores. O Corinthians tem no seu elenco atual, comandado por Tite, cinco campeões entre os jogadores titulares: Cássio, Fábio Santos, Ralf e Danilo, além do técnico. Já Edu Dracena, que é reserva, foi campeão pelo Santos em 2011.

No São Paulo, por sua vez, o número de vencedores é menor. Apenas Muricy Ramalho (campeão em 2011, pelo Santos), Rogério Ceni (campeão em 2005 e 2001) e Paulo Henrique Ganso (campeão em 2011, também pelo Santos) levantaram a taça. Apesar disso, 17 jogadores do Tricolor já disputaram a competição, contra 15 corintianos.

- 100 gols na Libertadores

O São Paulo pode ser o responsável por marcar o centésimo gol sofrido pelo Corithians na disputa da Copa Libertadores da América. É isso mesmo! Desde a primeira vez que disputou a competição, em 1977, o Timão já foi vazado 99 vezes. Falta apenas um gol.

- 100º gol em Rogério Ceni

Em contrapartida, o Corinthians pode chegar mais perto de marcar 100 gols em Rogério Ceni. Desde que começou a enfrentar o rival, o goleiro são-paulino já sofreu 91 gols no Majestoso.

Vale lembrar que São Paulo e Corinthians podem se enfrentar até 11 vezes durante a temporada de 2015. Assim, esse pode ser o primeiro jogo para diminuir essa diferença.

- Histórico de Rivalidade

Fora a rivalidade dentro das quatro linhas, com número de vitórias e gols, existe também uma disputa fora do gramado. Foi por conta de um Majestoso, por exemplo, que os clássicos paulistas deixaram de ser disputados no Morumbi com torcidas divididas pela metade, em 2009.

Além disso, Rogério Ceni alcançou sua marca de 100 gols feitos também contra o rival, no Campeonato Paulista de 2011.

- A disputa do 'mata-mata'

O desempenho do Corinthians do técnico Tite em competições "mata-mata" é melhor do que o do São Paulo sob o comando de Muricy Ramalho. Somando as três vezes que esteve à frente do Tricolor Paulista, foram 13 desclassificações. A última foi na Copa do Brasil do último ano.

Já Tite, por sua vez, apesar de ter caído na pré-Libertadores de 2011, conquistou o competição em 2012 de forma invicta, assim como o Mundial.