icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
07/03/2014
09:47

O Los Angeles Lakers sofreu um verdadeiro massacre para o rival Clippers, da mesma cidade. A derrota por 142 a 94 já repercute pelo mundo e evidenciou de vez a grave crise por qual passsa o time 16 vezes campeão da NBA. Com uma margem de 48 pontos, o revés foi o pior da história do Lakers.

- Fomos atropelados por uma diferença de 48 pontos. Isso não é engraçado. É muito frustrante. Não é legal cair desta forma, especialmente na TV nacional e de frente para o mundo todo. Eu não acho que o Clippers é 48 pontos melhor do que nós - desabafou o ala-armador Jodie Meeks, que está no Lakers desde 2012.

Aliado ao vexame da derrota, o Lakers ainda manteve o péssimo retrospecto contra o rival local nos últimos anos. Nas últimas sete vezes que jogaram, fora seis vitórias do Clippers. Na história da rivalidade, porém, são 98 vitórias do Lakers contra 35 do Clippers somente.

- Foi um jogo terrível da nossa parte. Não conseguimos evitar os contra-ataques. Não criamos jogadas um para os outros, e é assim que começa a queda - disse Pau Gasol, um dos líderes do Lakers, mas que vem se mostrando insatisfeito com o andamento da equipe e já reclamou, inclusive, de falta de disciplina no grupo.

A temporada não tem sido nada boa para o time que veste amarelo e roxo. O Lakers, inclusive, viu o ginásio Staples Center não ter todos os ingressos vendidos pela primeira vez em quase sete anos, em novembro passado. Além disso, um elevado número de lesões, como as dos astros Kobe Bryant e Steve Nash, tem derrubado os planos do técnico Mike D'Antoni.

Com 20 pontos e 11 rebotes, o ala-pivô Blake Griffin foi o melhor jogador do Clippers no jogo. Darren Collinson também foi bem, com 24 pontos. Ex-jogador do Lakers, Matt Barnes anotou 17 pontos e 12 rebotes.

Enquanto o Clippers é o quarto colocado na Conferência Oeste, com 43 vitórias e 20 derrotas, o Lakers ocupa a lanterna, com 21 vitórias e 41 derrotas. Um cenário jamais desenhado por qualquer prognóstico realizado antes do início da temporada.