icons.title signature.placeholder Craque do Futuro - Lucas Bachião Silveira
26/03/2014
17:06

Os amantes do futebol e torcedores do Guarani poderão assistir, nesta quinta-feira, ao lançamento oficial do filme "Bugrinos - O Filme do Guarani Futebol Clube". Sob direção-geral de Samir Cheida, a trama será baseada em uma longa metragem e terá duração de 105 minutos. O local da exibição será no MIS (Museu de Imagem e Som), em Campinas, às 20h. A entrada é gratuita. O MIS ficará aberta ao público nos dias 27 de março e 2 de abril.

O diretor do filme e cineasta, Cheida, explicou que a ideia começou em 2010 e ressaltou o apoio da Prefeitura de Campinas, através do Fundo de Investimentos Culturais  de Campinas (FICC). A longa metragem contará toda a história do Guarani, inclusive o próprio centenário. Ele declarou que o torcedor bugrino irá se emocionar com a trajetória do clube, que será mostrado ao longo do filme.

- O início do filme começou em 2010. Decidi abordar o centenário, porque eu sou apaixonado pelo Guarani. O Guarani tem uma história que merecia ser contada - disse, em entrevista ao LANCE!Net.

Bugrino declarado, o cineasta afirmou que o filme relembra a conquista do inédito título de 1978, também retrata o declínio do Bugre nos últimos anos e enaltece ídolos do passado - nomes como Zenon, Careca, Amoroso, João Paulo, entre outros.

- Achei importante falar sobre a conquista do título brasileiro de 1978 e as finais de Brasileiro que o clube disputou, como também fazer uma reflexão sobre o que aconteceu nos últimos anos com o Guarani. O Guarani tem uma história muito bonita e o passado tem que ser preservado. Olhando nesse passado, acho que é possível ter uma perspectiva do futuro. Temos que refletir o momento atual do Guarani, para pensar o que a gente pode fazer para voltar a ser um time competitivo como nos anos 70, 80 e 90. Ser bugrino é ser perseverante – finalizou.