icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
10/11/2014
15:38

Não bastasse decidir o clássico contra o Santos no último domingo, Guerrero atingiu uma notória marca com a camisa do Corinthians ao balançar as redes do goleiro Aranha em Itaquera. O peruano foi autor do gol de número 10.500 da história do clube do Parque São Jorge.

O último corintiano a marcar um "gol especial" havia sido Dentinho. O atacante, criado na base do Timão e hoje jogador do Shakhtar Donetsk (UCR), anotou o tenTo de número 10.000 da história do clube na vitória do Corinthians por 2 a 1, sobre o Santo André, na Arena Barueri, em 14 de março de 2010.

Com o gol marcado diante do Peixe, Guerrero entra em uma seleta lista que contém grandes nomes da história do Corinthians. Claudio, maior artilheiro do clube, com 305 gols, fez o 4.000º tento do Timão. Wladimir, jogador que mais vezes vestiu a camisa do clube (805 partidas), foi o autor do 7.000º gol alvinegro. Até Neco, primeiro ídolo da Fiel, participa deste grupo, graças ao 1.000º gol do Corinthians.

CAÇA AO TEVEZ

Com o tento anotado diante do Peixe, Guerrero chegou a seu 40º gol em 106 partidas com a camisa do Corinthians. O peruano é o sexto maior artilheiro do século 21 do Timão. A dois gols de igualar o zagueiro Chicão, o camisa 9 tem chance de alcançar um feito ainda maior: deixar os 46 tentos do argentino Carlitos Tevez para trás e se tornar o maior artilheiro estrangeiro da história do clube alvinegro.