icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
27/11/2013
23:58

Assim que o árbitro Leandro Vuaden apitou o fim da Copa do Brasil, na noite desta quarta-feira, Elias saiu correndo para o vestiário. Lá, fez questão de buscar o diretor de futebol, Paulo Pelaipe, e trazê-lo para o gramado do Maracanã, onde foi ovacionado pelos jogadores.

De acordo com o camisa 8, a atitude serviu para mostrar a quem, de acordo com ele quis tumultuar o ambiente, que Pelaipe é muito querido pelo grupo e tem muitos méritos pela conquista.

- Essa é a união. Todos que estão aqui foram trazidos por ele. O cara segurou o ano todo aí, sofrendo críticas e agora vai acalmar. Ele vai ter mais moral - disse o volante rubro-negro, garantindo que começará a negociar a renovação nesta segunda-feira:

- Nunca falei que ia sair para outro time. Queriam tumultuar o ambiente. A torcida sabe o carinho que tenho por eles. Amanhã (quinta-feira) vou começar a conversar sobre a minha permanência.

GALERIAS DE FOTOS:
> As imagens da conquista do tri da Copa do Brasil no Maracanã
> Que torcida é essa! Torcida empurra o Flamengo para o tri
> Artilheiro! Os gols do Brocador na Copa do Brasil
> É campeão! A trajetória do Flamengo até o tricampeonato

BLOGS:
> Mauro Beting: 'Flamengo tricampeão da Copa do Brasil'
> Janca: 'O tricampeonato do Flamengo no Maracanã'
> Benja: 'Raça, amor e paixão'