icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/11/2013
22:00

Autor do gol da vitória diante da Portuguesa, neste sábado, o atacante Aloísio voltou a ser heroi do São Paulo, mas fez questão de agradecer aos 50 mil torcedores que marcaram presença no estádio do Morumbi para apoiar a equipe. Logo que o apito final foi trilado para selar os 2 a 1, todos os jogadores do Tricolor saudaram os presenter por orientação do técnico Muricy Ramalho.

- Tenho que agradecer a todos por esse gol, agradecer ao grupo, à torcida. Foi uma grande festa, que festa! Quanto a ter sido destaque nos últimos jogos, isso faz parte. Quando o grupo é bom, às vezes um se sobressai, às vezes outro. A gente vai até o final assim, com o time e o grupo motivados - explicou o Boi Bandido após o apito final.

No Morumbi, Rodrigo Caio abriu o placar logo aos oito minutos do primeiro tempo, mas Luis Ricardo deixou tudo igual aos 41. Apenas aos 32 do segundo tempo, Ademilson se aproveitou de falha de Lauro na saída do gol e cruzou para o meio da área, onde Aloísio apareceu para determinar o nono jogo seguido do São Paulo sem perder. Com o resultado, a equipe chega ao oitavo lugar, se torna o melhor paulista do torneio, e fica a seis pontos do G4, que dá vaga na Libertadores.

- Tem que pensar mais para frente sim, é esse o espírito. Parece que conseguimos o número de pontos para não cair, então agora é pensar para frente - disse Aloísio, celebrando os 46 pontos que deixam o Tricolor mais distante do risco de Série B. A zona de segurança nesta temporada, entretanto, compreende pelo menos um ponto a mais para o time respirar aliviado.

O atacante tem sido um dos principais nomes da reação do São Paulo no segundo semestre, marcando duas vezes na partida que assegurou classificação às quartas de final da Sul-americana, contra a Universidad Católica, e outras três no último domingo, data da vitória contra o Inter, pela 31ª rodada do Brasileirão.

Aloisio inova e troca voadora por pisão nas costas