icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
13/07/2014
20:51

Herói do tetracampeonato alemão, o meia Mario Götze parecia perdido, desnorteado entre a festa do título. Ao receber o prêmio de melhor jogador da final, o jogador do Bayern de Munique tentou explicar o que sentiu ao marcar o gol que deu a Copa do Mundo à Alemanha, mas se enrolou com as palavras:

 - A realidade é (que marcar um gol em final) uma sensação indescritível, não consigo entender. Você chuta para o gol, não sabe o que está acontecendo, não dá para descrever. O sonho que virou realidade. Estou muito feliz, tenho muito orgulho da seleção e do que aconteceu no Brasil. Isso descreve o que estava sentindo, é algo sensacional.

Götze ainda falou sobre o período difícil pelo qual passou durante a disputa do torneio. Ele começou como titular, mas perdeu sua vaga com o decorrer da Copa do Mundo, mas entrou em campo e foi decisivo:

 - Eu acho que eu poderia dizer duas ou três coisas (sobre a reserva). Não foi um ano muito simples, não foi um torneio fácil. Devo tudo à minha familia, namorada, parentes e amigos príximos que sempre acreditaram em  mim. Não foi algo simples, mas estou feliz que o time conseguiu esse título.