icons.title signature.placeholder Leo Burlá
05/04/2014
21:00

No dia 5 de novembro de 1989, Bujica entrou em uma galeria seleta de heróis da torcida do Flamengo. Não foi decisivo em uma final, no entanto, marcou os dois gols da vitória sobre um Vasco então capitaneado pelo ex-rubro-negro Bebeto, e que terminaria a temporada como campeão brasileiro.

Direto de Rio Branco (AC), o ex-atacante, que ficou conhecido como o 'Caçador de Marajás' após os gols que mudaram sua vida, prevê dificuldades para o Flamengo na primeira decisão do Carioca.

O discurso cauteloso, porém, logo dá espaço para o tom otimista de torcedor quando questionado sobre o resultado da finalíssima do campeonato:

- Eles não ganham um título sobre o Flamengo há 26 anos e não será desta vez que sairão da fila.

Funcionário da Secretaria de Esporte e Lazer da capital acreana, Bujica prefere não assisitir partidas importantes do ex-clube. Para escapar da ansiedade e nervosismo, ele prefere filmes enquanto o time do coração está em campo. O ritual, assegura, será mantido neste domingo.

Com a autoridade de quem tem o nome escrito na História no Clássico dos Milhões, ele aponta Alecsandro e Paulinho como os candidatos a assumir o papel que foi seu há 25 anos.

Em um duelo muitas vezes protagonizado por heróis pouco prováveis, os rubro-negros torcem para que um novo 'Bujica' baixe no gramado do Maracanã.

Quem é ele

Nome: Marcelo Ribeiro

Data e local de nascimento: Cachoeiro do Itapemirim (ES), 2/11/69

Jogos pelo Flamengo: 47

Gols: 11

Título: Copa do Brasil (90)

FICHA TÉCNICA:

FLAMENGO 2 x 0 VASCO

Campeonato Brasileiro de 1989/13ª rodada
 
FLAMENGO: Zé Carlos, Josimar, Júnior, Fernando e Leonardo; Aílton, Luiz Carlos (Zé Carlos Paulista) e Zico; Alcindo, Bujica (Nando) e Zinho.

VASCO: Acácio, Luiz Carlos Winck, Leonardo, Quiñones e Mazinho; Zé do Carmo, Andrade (Vivinho) e Boiadeiro (William); Tita, Bismarck e Bebeto.

Gols: Bujica 30’ 1ºT e Bujica 8’ 2ºT.

Árbitro: Luiz Carlos Félix (RJ).

Público: 59.056 pagantes