icons.title signature.placeholder Pedro Barboza
19/06/2014
10:18

Dos 34 jogos do Flamengo neste ano, Hernane esteve em campo em apenas 14 vezes. Mesmo só tendo jogado menos de meio tempo neste Campeonato Brasileiro, deviso às duas lesões que teve na temporada, o Brocador não fugiu da responsabilidade para tentar dar um novo rumo ao Rubro-Negro no Brasileirão, após a parada para a Copa do Mundo.

Para o atacante, a semana de treinamentos em Atibaia será muito importante para que o grupo se concentrar nos trabalhos, mesmo estando longe dos familiares.

- Vai ser importante. A única coisa ruim é que aqui estamos longe da família, mas é o único momento que nós jogadores vamos ficar totalmente concentrados. O Ney procurou fazer uma concentração longe do Rio de Janeiro, num lugar bom, que tem planas condições de trabalho, e procurou fazer essa parte física para voltar bem para o Brasileiro que não começamos bem. Sabemos da dificuldade, mas temos que voltar bem, pois o Flamengo é grande e não está em uma posição confortável no campeonato - disse o centroavante, que espera uma nova fase para o time.

- Se faltou alguma coisa foi de nós jogadores mesmos, pois dentro de campo quem resolve somos nós. O que passou, passou, é passado e agora será uma nova fase e o Flamengo sairá dessa crise. 

Hernane ainda se recupera de uma lesão no tornozelo direito. Após uma dividida de bola no jogo contra o São Paulo, o jogador teve uma torção forte e precisou do auxílio de botas ortopédicas para recuperar a lesão. Em Atibaia, o Brocador está sob os cuidados dos preparadores físicos e dos fisioterapeutas para estar 100% à disposição do técnico Ney Franco.