icons.title signature.placeholder Thiago Silva
11/07/2014
12:13

"Argentinazo! É o que vai acontecer no Maracanã, Argentinazo". Essa é uma das frases mais ouvidas pelo acampamento dos torcedores argentinos, no Terreirão do Samba, no centro do Rio de Janeiro. Os hermanos já se preparam para a disputa da final da Copa do Mundo, no próximo domingo, no Maracanã. Em mais uma invasão ao Rio de Janeiro, a ansiedade e o otimismo são evidentes no semblante dos argentinos, mas o respeito pela Alemanha também é pregado.

- A princípio era muita desconfiança. A seleção veio e não tinha otimismo. Agora todos estamos confiantes. Jogadores e nós que estamos vindo ao Brasil. Mas é preciso respeitar a Alemanha. Já decidimos dois mundiais e nas últimas Copas nos enfrentamos nas quartas, uma foi para os penâltis e na outra perdemos. E nesse mundial eles já fizeram 7 a 1 no Brasil. Nenhum argentino esperava isso. Eles vão jogar empolgados - disse Santiago, que acompanha a Argentina desde o início do mundial.

Messi é a grande esperança dos torcedores, que também depositam muita confiança no volante Mascherano e no atacante Gonzalo Higuaín. Mas os hermanos acreditam que a Alemanha fará uma partida muito dura e temem o ataque comandado pelo artilheiro Thomas Müller.

- A Alemanha vai fazer um jogo duro. O ataque deles é muito bom. Müller é muito rápido e nos preocupa. Mas temos Messi. Messi é um 10 que não se vê a muito tempo. É o cérebro do time, é inteligente com a bola no pé, um jogador completo. Ainda temos Mascherano, Higuaín, Aguero e Di Maria, se jogar - comentou outro argentino.

O local definido pela Prefeitura como acampamento dos hermanos já atingiu sua lotação. Com muita aglomeração, carros e barracas os argentinos que chegam ao local são a partir de agora orientados a se encaminharem para a Sapucaí para se acomodarem.

Mesmo sob chuva, argentinos continuam chegando ao acampamento (Foto: Thiago Silva)