icons.title signature.placeholder Maurício Ferro
26/07/2014
12:39

Este sábado amanheceu com chuva e tempo frio no Rio de Janeiro. Sob essas condições, os jogadores do Fluminense participaram de um treino leve nas Laranjeiras, antes de embarcarem para Curitiba, onde enfrentarão o Atlético-PR neste domingo, às 16h, na Arena da Baixada - que terá portões fechados ao público.

Como de costume, os goleiros foram os primeiros a pisar na gramado. Às 9h20, eles começaram a jogar uma espécie de futevôlei, como forma de aprimorar a técnica sem as mãos. Os demais atletas, aos poucos, foram chegando. Walter e Gustavo Scarpa foram os primeiros e ficaram brincando com a bola. O único que não chegou foi o zagueiro Henrique. Depois de ter sentido dores na coxa e saído mais cedo do treinamento da última sexta-feira, ele esteve ausente nesta manhã. Apesar disso, viaja normalmente e será reavaliado momentos antes de a partida contra o Furacão começar.

Quando todos já estavam presentes em campo, mais precisamente às 10h, o elenco foi dividido em quatro grupos e iniciou um aquecimento com "bobinho". Essa fase inicial do treino foi concluída com um pequeno circuito físico.

Aquecidos, os atletas foram organizados em dois times de 13 jogadores e participaram de um descontraído "rachão", em campo reduzido, às 10h40. Kléver teve boa atuação e Chiquinho se destacou ao salvar dois gols, praticamente, em cima da linha. Fabrício esteve apagado e deixou de ganhar fáceis disputas de bola. Fred jogou normalmente e marcou um gol.

Para finalizar os trabalhos, 11h houve um treino de finalizações. O desempenho foi pouco abaixo da média. Já Conca ficou afastado com alguns outros companheiros treinando pênaltis e foi bem. Nesta altura, Fred corria no gramado sob ordens do preparador físico do clube e gritos de incentivo dos poucos torcedores que compareceram à sede do Fluminense.