icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
24/06/2014
13:12

O Fluminense iniciou na manhã desta terça-feira o período de treinamentos em Macaé e o maior destaque da atividade técnica foi o zagueiro Henrique, contratado recentemente junto ao Bourdeaux (FRA), clube que defendeu nos últimos nove anos. O jogador foi firme nos desarmes, mostrou qualidade e se empolgou com o grupo:

- Este grupo do Flu tem uma diferença enorme para a a equipe que eu jogava. O futebol francês tem mais ligações diretas. Aqui pode tocar a bola para qualquer companheiro que ela volta redonda. Conversei com alguns companheiros que jogaram na Europa sobre a adaptação. Uns tiveram mais dificuldades que os outros. Mas este grupo é fantástico, tem uma qualidade técnica impressionante. Dá para perceber isso num simples treino de troca de passes. Espero me adaptar o mais rapidamente possível.

O defensor também elogiou a recepção que teve logo na reapresentação do elenco, nesta segunda-feira, nas Laranjeiras. A julgar pelas palavras, Henrique já está se sentindo em casa.

- O povo brasileiro é mais acolhedor e procura ajudar mais os companheiros que chegam. Só tenho coisas positivas para falar deste grupo. Minha recepção aqui não poderia ser melhor - explicou.

No treino realizado no Moacyrzão, Cristovão Borges primeiro comandou um trabalho de troca de passes. Depois, dividiu o grupo em quatro times de sete jogadores para uma disputa em campo reduzido na qual o time que vencia seguia atuando enquanto o perdedor aguardava. Os trabalhos duraram cerca de duas horas. Cabe ressaltar que o meia Cícero, outra novidade tricolor, teve boa desenvoltura. O Fluminense seguirá treinando em Macaé preparando-se para a sequência do Campeonato Brasileiro até o próximo domingo.