icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
18:03

O zagueiro Gustavo Henrique, de 20 anos de idade, disse respeitar a opinião de Durval, 33 anos, que mostrou-se irritado com sua situação na reserva do Santos e disse que não vê a hora de acabar o Campeonato Brasileiro para deixar o clube. O jovem, que assumiu a titularidade há dois meses, destacou o apoio do companheiro.

- Respeito a opinião do Durval, é um jogador que sempre vi jogando. Torço muito por ele, me ajudou muito quando o Edu Dracena estava machucado, mas eu entendo a opinião dele, acho que foi um desabafo, ele deve estar chateado. Qualquer jogador não gosta de ficar na reserva, ainda mais com a história que ele tem com o clube, mas eu procurei mostrar meu trabalho e espero que ano que vem continue nessa evolução - afirmou Gustavo.

- Até quando comecei de titular ele sempre me deu boa sorte, em deu muito apoio e acho que é normal isso, momento de desabafo dele - acrescentou.

O jovem defensor entendeu o companheiro, mas o técnico Claudinei Oliveira rebateu as críticas de Durval. Na segunda-feira, ele disse que não condizem com a verdade.

Durval era titular da zaga santista desde 2010 e perdeu a posição há cerca de dois meses. Com seis títulos pelo Peixe, o zagueiro não terá seu contrato renovado em dezembro e deixará a Vila Belmiro. Ele realizou 247 partidas com a camisa alvinegra e marcou sete gols.