icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/07/2013
08:50

O Brasil encerrou o primeiro dia de disputas do Mundial de Taekwondo, em Puebla (MEX), com uma medalha de bronze. O responsável pela láurea foi Guilherme Dias, da categoria até 58kg e que foi medalhista de ouro no Pan-Americano da modalidade em 2012.

O brasileiro foi às semifinais após derrotar na estreia o cipriota Antonis Kyriakou por 10 a 4 e em seguida bateu o filipini Keno Anthony Mendoza por 11 a 9, o argentino Lucas Guzman por 6 a 4 e  o chileno Ignacio Molares por 6 a 5. Na luta por vaga na final, porém, ele caiu.

Guilherme perdeu nas semifinais para Hari Mostean Loron, do Irã, após três rounds. O duelo terminou empatado por 4 a 4, mas o iraniano acabou avançando no desempate. A medalha de ouro ficou com o sul-coreano Cha Tae-Moon, que derrubou o iraniano Loron por 9 a 8.

Com o resultado, o Brasil já assegurou uma campanha superior a do último Mundial, na Coréia do SUl, em 2011, quando o país não obteve medalhas.

Iris Tang Sing, da categoria até 46kg, não foi muito longe nesta segunda-feira. A brasileira foi derrotada na segunda luta do dia para a venezuelana Virginia Dellan.

Na estreia, ela havia batido a francesa Hajer Mustapha. O ouro da categoria ficou com a sul-coreana Kim So-Hui, que venceu a russa Anastasia Valueva.

Nesta terça-feira será a vez de Leidiande Santos e Henrique Precioso defenderem as cores do Brasil no México. Eles vão combater nas categorias feminina até 49kg e masculina até 74kg, repectivamente.

O Brasil encerrou o primeiro dia de disputas do Mundial de Taekwondo, em Puebla (MEX), com uma medalha de bronze. O responsável pela láurea foi Guilherme Dias, da categoria até 58kg e que foi medalhista de ouro no Pan-Americano da modalidade em 2012.

O brasileiro foi às semifinais após derrotar na estreia o cipriota Antonis Kyriakou por 10 a 4 e em seguida bateu o filipini Keno Anthony Mendoza por 11 a 9, o argentino Lucas Guzman por 6 a 4 e  o chileno Ignacio Molares por 6 a 5. Na luta por vaga na final, porém, ele caiu.

Guilherme perdeu nas semifinais para Hari Mostean Loron, do Irã, após três rounds. O duelo terminou empatado por 4 a 4, mas o iraniano acabou avançando no desempate. A medalha de ouro ficou com o sul-coreano Cha Tae-Moon, que derrubou o iraniano Loron por 9 a 8.

Com o resultado, o Brasil já assegurou uma campanha superior a do último Mundial, na Coréia do SUl, em 2011, quando o país não obteve medalhas.

Iris Tang Sing, da categoria até 46kg, não foi muito longe nesta segunda-feira. A brasileira foi derrotada na segunda luta do dia para a venezuelana Virginia Dellan.

Na estreia, ela havia batido a francesa Hajer Mustapha. O ouro da categoria ficou com a sul-coreana Kim So-Hui, que venceu a russa Anastasia Valueva.

Nesta terça-feira será a vez de Leidiande Santos e Henrique Precioso defenderem as cores do Brasil no México. Eles vão combater nas categorias feminina até 49kg e masculina até 74kg, repectivamente.