icons.title signature.placeholder Bruno Andrade e Rodrigo Vessoni
30/06/2014
11:50

Instrutor de banana boat (barco inflável), mas "guia turístico" nas horas vagas. Apaixonado pelo Corinthians, o catarinense Jefferson hospedou 12 torcedores argentinos em sua casa em Balneário Arroio do Silva, litoral de Santa Catarina. O grupo, que é natural de Salta, importante cidade do noroeste da Argentina, está acompanhando a seleção hermana desde o início da Copa do Mundo.

- Já são 12 anos de amizade, conheci eles durante um período de férias em Santa Catarina. Nos tornamos grandes amigos. Juntos, estamos torcendo pelo sucesso da Argentina. Chegamos hoje a São Paulo e esperamos seguir em frente - declarou Jefferson, que ainda não tem ingresso para acompanhar o duelo entre Argentina e Suíça, terça-feira, às 13h, na Arena Corinthians, em São Paulo.

Além de Jefferson, outros oito torcedores do grupo não têm entrada para o confronto, válido pelas oitavas de final do Mundial. Mas eles estão dispostos a colocar a mão no bolso para ver de perto Messi, Mascherano, Di María e companhia.

- Ainda não tive o prazer de ver o Corinthians jogar aqui. O estádio é sensacional, quero muito entrar e acompanhar a Argentina passar de fase na Copa. Vamos tentar comprar (ingressos) hoje, vamos ver. Agora, quando a Copa terminar, certamente vou voltar aqui para torcer pelo Corinthians - afirmou.

Assim como outros milhares de torcedores da seleção da Argentina, o grupo de Jefferson cogita acampar nesta segunda-feira no Sambódromo do Anhembi, na Zona Norte, local disponibilizado pela Prefeitura de São Paulo. A expectativa é que pelo menos 70 mil argentinos venham até a cidade para acompanhar o jogo na Arena Corinthians.