icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/11/2013
20:52

A primeira batalha em vermelho e preto. Assim pode ser definido o jogo de ida da final da Copa do Brasil, entre Atlético-PR e Flamengo, que ocorre nesta quarta-feira, às 21h50, na Vila Capanema. O grande duelo terá transmissão em tempo real pelo LANCE!Net.

Ambos times rubro-negros se encontram a dois passos de conquistar uma vaga na Libertadores de 2014. O primeiro deles, será dado em Curitiba. O segundo, e último, será na próxima quarta-feira, no mesmo horário, no Maracanã.

MUDANÇAS NO FLA À VISTA?

Se a famosa frase no futebol de que “em time que está ganhando não se mexe” pode acabar pautando o trabalho de muitos treinadores, Jayme de Almeida parece não compactuar deste pensamento. No último treinamento antes do jogo, o técnico rubro-negro proibiu a entrada da imprensa, dando a entender que a equipe titular pode ter mudanças para o confronto de quarta à noite.

Esta possibilidade de mudança no time foi ampliada após o discurso do lateral-direito Léo Moura, que preferiu despistar quando foi questionado sobre quem começará jogando.

– Infelizmente, não posso falar algo sobre a escalação do time. Vocês (jornalistas) terão de descobrir os titulares somente na hora do jogo – ressaltou o jogador.

Sem explicitar o time, Jayme deve estudar a entrada de Samir na vaga de Carlos Eduardo. Desta maneira, o time ficaria com três zagueiros, liberando mais Léo Moura e André Santos para o ataque.

Outra dúvida, externada desde o início da semana, é sobre quem será o goleiro titular. Recuperado de uma artroscopia no joelho esquerdo, Felipe tem treinado com o restante do elenco desde a última sexta-feira. Apesar disso, Jayme não confirma a entrada do camisa 1 na vaga de Paulo Victor. Apesar de tanto mistério, o capitão do time afirma que todos os jogadores têm condições de fazer um bom papel diante do Furacão.

– Quem entrar vai dar conta do recado. Isso é uma certeza que temos, foi assim em todos os jogos até aqui – disse Léo Moura.

FURACÃO APOSTA NA FORÇA DENTRO DE CASA

O Atlético-PR sustenta uma invencibilidade de quase 40 anos contra o Flamengo, jogando em Curitiba, em campeonatos nacionais.

Para tentar manter o tabu, a torcida atleticana mobilizou-se e esgotou os ingressos para o primeiro jogo da decisão. Dentro do estádio, serão distribuídas 5 mil caveiras para tentar ambientar os jogadores cariocas ao inferno que será o caldeirão de Vila Capanema.

No time titular, Zezinho e João Paulo brigam por vaga ao lado de Deivid para formar a dupla de volantes do Rubro-Negro paranaense.

Outra novidade foi a presença de Pedro Botelho nos treinamentos do Furacão. Recuperado de lesão na coxa direita, o lateral-esquerdo, antes titular, está na briga pela posição. Jonas e Juninho, apontados como titulares indiscutíveis para o jogo, agora têm uma sombra.

Em uma manobra ousada, Vagner Mancini poderia escalar Botelho e deslocar Juninho para a direita, deixando Jonas no banco. Mas isto é improvável, por conta da condição física do camisa 6.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR X FLAMENGO

Estádio: Vila Capanema, Curitiba (PR)
Data/hora: 20/11/2013 - 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (SP)
Auxiliares: Altemir Hausmann (RS) e Alessandro Rocha de Matos (BA)

Atlético-PR: Weverton, Jonas, Manoel, Luiz Alberto e Juninho; Deivid, João Paulo (Zezinho), Everton e Paulo Baier; Marcelo e Éderson - Técnico: Vágner Mancini.

Flamengo: Paulo Victor (Felipe), Léo Moura, Chicão, Wallace e André Santos; Amaral, Luiz Antonio, Elias e Carlos Eduardo; Paulinho e Hernane - Técnico: Jayme de Almeida.