icons.title signature.placeholder VINÍCIUS PERAZZINI
22/06/2014
21:01

A partida entre Croácia x México já começou, pelo menos nos bastidores. Após o técnico croata Nico Kovac e o meia Luka Modric esbanjarem confiança durante entrevista coletiva, ambos foram rebatidos pelo técnico mexicano Miguel Herrera. O duelo na Arena Pernambuco, que na bola será às 17h desta segunda-feira, virou uma verdadeira guerra psicológica antes mesmo do apito inicial.

- Sentados aqui, podemos falar 20 mil coisas, que um é melhor do que o outro. É no campo que se mostra. Às vezes se ganha com sorte, se empata com sorte. Nós podemos ter empatado com Brasil na base da sorte, mas empatamos. Eles, não - disse Herrera, contrapondo a afirmação de Modric de que o time mexicano deu sorte contra o Brasil e é inferior ao croata.

Uma série de outras afirmações receberam respostas firmes de Miguel Herrera. Confira:

* O México terá muito apoio dos seus torcedores, mas não acredito que isso será uma vantagem. Futebol não se joga nas arquibancadas, mas nos campos (Modric)

- Neste jogo seremos os locais, isso é muito forte. O estádio tem uma grande acustica, o grito do povo nos motiva. O povo vai mostrar aos rivais que nossa torcida pesa.

* A defesa deles é muito boa, mas nós temos a receita (Kovac)

- Só um cozinheiro tem receita. Eles atacam muito pelas laterais e deixam espaços, perdem a bola no meio de campo.

*  Se formos avaliar o jogo em termos de pressão, a perna deles é que deveria estar tremendo (Modric)

- Está tudo em nossas mãos. Estou tranquilo, pois trabalhamos bem. A pressão no ar é para as duas equipes, e temos até a vantagem do empate. Eles é que precisam buscar o placar. E vimos que, quando o Brasil tentou atacar a Croácia, conseguiu achar vários espaços.