icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/04/2014
11:25

Guardiola joga com a estatística a seu favor no Santiago Bernabéu. O técnico do Bayern de Munique jamais perdeu quando foi ao Santiago Bernabéu, palco do confronto contra o Real Madrid, nesta quarta-feira, pela ida das semifinais da Liga dos Campeões. No entanto, o treinador não acha que isso é uma vantagem.

- Minha invencibilidade aqui foi com outro clube, em outra situação e em outro tempo. Não tem nada a ver com o Bayern de Munique. Teremos de fazer uma atuação muito boa para vencer. Isso é necessário sempre contra o Real Madrid, e ainda mais em uma semifinal - disse Guardiola em sua coletiva de imprensa, nesta terça-feira.

Na mesma entrevista, o treinador afirmou que espera ver Cristiano Ronaldo em campo pelo Real Madrid. Segundo Guardiola, o público que assistirá à partida quer ver os melhores em ação.

- Tomara que possa jogar. Aqui jogamos para as pessoas, que querem sempre ver os melhores. E um dos melhores é ele. Se não não jogar, outro o fará com diferentes condições. Podem jogar no 4-3-3 ou no 4-4-2, como na final da Copa - analisou Guardiola.

Sobre a temporada do Bayern, o treinador reconheceu que sua equipe diminuiu o ritmo após ter conquistado o título alemão.

- Ganhamos a Bundesliga em março, estamos na final da Copa da Alemanha e nas semifinais da Liga dos Campeões. Isso não é fácil. Ganhamos partidas jogando bem, temos sido estáveis ainda que baixamos um pouco o ritmo no final. Porém, estou contente com o que fizemos no último jogo. Embora não tenhamos jogado bem, recuperamos o espirito da equipe - disse Guardiola.