icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/04/2014
15:16

O técnico do Bayern de Munique, Pep Guardiola, reconheceu que sua equipe chegará ao Santiago Bernabéu com uma desvantagem em relação ao Real Madrid para a partida de ida válida pela semifinal da Liga dos Campeões. Esta desvantagem seria o ritmo competitivo.

- Neste sentido o Real Madrid tem certa vantagem. Nós conquistamos o Campeonato Alemão muito antes, e isso nos fez diminuir um pouco o ritmo. Porém tentaremos recuperá-lo o mais rápido possível - contou Guardiola ao diário "AS".

Neste sábado o Bayern venceu o Eintracht Braunschweig por 2 a 0, porém mostrou um futebol aquém do que vinha apresentando na temporada. Antes, a equipe bávara havia estado três rodadas sem vencer pela Bundesliga. Algo que gerou críticas até mesmo dentro do clube.

- Para os times maiores não serve apenas ganhar, mas ganhar sempre. É normal. Não chegamos em nosso melhor momento. Contra o Braunschweig nos comportamos outra vez como time pequeno. Por outro lado, temos jogado partidas sem qualquer objetivo. Evidentemente que devemos melhorar o nível. Provavelmente, o entusiasmo do Real Madrid depois de conquistar a Copa do Rei será maior que o nosso - admitiu o treinador.

Para completar, Guardiola disse que nunca se considerou favorito nas vezes em que teve de enfrentar o Real Madrid.

- Sempre que fui ao Bernabéu, como jogador e técnico, nunca pensei que era favorito. Tenho muito respeito por toda a história do Real Madrid, não importa quais são os jogadores ou o treinador que possui a sua equipe. Continuam sendo um time muito forte - afirmou Guardiola.