icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
16/12/2013
15:28

A tendência é pela realização de protestos antes, durante e depois do julgamento envolvendo Flamengo e Portuguesa, que acontecerá a partir das 17h desta segunda-feira, na sede do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Centro do Rio de Janeiro, e que terá transmissão em tempo real do LANCE!Net. E as manifestações serão contidas apenas pela Polícia Militar e policiais do Grupamento Especial de Policiamento dos Estádios (Gepe). A região não receberá aumento de efetivo da Guarda Municipal.

A assessoria de imprensa da Guarda Municipal do Rio de Janeiro (GM-RIO), informou, ao LANCE!Net, que o efetivo destacado para a região – áreas como Centro, Uruguaiana e Central do Brasil – não será ampliado. São de 90 a 100 guardas que trabalham em um dia como o desta segunda.

Há ameaças de manifestações dos dois lados da moeda. Torcedores da Portuguesa, que fizeram um protesto com cerca de 500 pessoas, sábado, na Avenida Paulista, em São Paulo, disseram que estarão no Rio para gritar contra uma possível condenação do clube. Segundo a liderança dos torcedores da Lusa, haverá mais gente nas ruas cariocas do que houve na capital paulista.

Por outro lado, a torcida do Fluminense está se mobilizando pelo Facebook para "assegurar o cumprimento da lei" no STJD. O evento "Volta pra Série A" foi criado na rede social e conta com mais de 2 mil confirmações de presença. Dentro do Tribunal, até o número de jornalistas será controlado, para evitar tumulto.