icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
05/06/2014
16:36

Qualquer técnico ficaria orgulhoso da determinação desses garotos. Para poder arriscar tudo no ataque, o Guararapes FC decidiu primeiro ajeitar a defesa. E o resultado dessa estratégia foi o melhor possível. A equipe se classificou para a final da Batalha das Quadras sem tomar nenhum gol, aparecendo como a melhor defesa da etapa da Marina da Glória, na última quarta. No geral, o Guararapes foi o quarto melhor time do dia.

Formado em uma comunidade no Cosme Velho, o Guararapes FC jogou dez partidas e teve a melhor defesa da competição empatado com o Joga no Pagode. Para Juan, o fator mais importante para a campanha foi a união do time, que joga junto há mais de cinco anos.

– A gente tem uma filosofia que é "a união faz a força". A gente acredita um no outro aqui e jogamos pelo companheiro. A nossa união é fundamental para o nosso desempenho, e a gente se conhece, jogamos juntos há uns cinco anos já - explicou.

Quanto ao estilo de jogo do time, Juan foi enfático.

– A gente joga na formação 3-1, com três jogadores lá na frente pressionando a saída de bola do adversário, mordendo os caras, enquanto um fica lá atrás na sobra. A nossa marcação é muito forte e a gente chega junto. Mas o nosso estilo não é só marcação. Várias vezes colocamos os adversários na roda e tivemos o terceiro melhor ataque do dia, com 16 gols - completou.

Os meninos agora se preparam para utilizar na final o esquema que deu tão certo na Marina da Glória. A grande decisão acontece neste sábado, na Casa Fenomenal, no Cais do Porto, Armazém 6.