icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/07/2014
18:51

Uma greve de jogadores,culminou nesta terça-feira no adiamento dos jogos das Séries A e B do Campeonato Equatoriano dos dias 21 e 22 de julho. Em entrevista coletiva à tarde, o presidente da Federação Equatoriana de Futebol (FEF), Luis Chriboga, indicou que pretende chegar a um acordo com os atletas, que cruzaram os braços pelos constantes atrasos salariais:

- O que prima é a decisão da Associação de Futebolistas do Equador (AFE), mas entraremos em reunião para abordar o tema econômico. Esperamos resolver todos estes problemas com os atletas e os clubes e, após esta data, reiniciar o Campeonato Equatoriano.

Chriboga prometeu destinar à competição parte do dinheiro que a Fifa entregou ao Equador por sua participação da Copa do Mundo. E fez um apelo a todos os lados:

- Esperamos que haja boa vontade de todos os dirigentes para pagar os salários atrasados, e a Associação também faça com que os clubes não sofram um prejuízo grande.

A decisão de paralisar o Campeonato Equatoriano foi anunciada no domingo por Jorge Guzmán, gerente da Associação de Futebolistas Equatorianos (AFE), após jogadores se queixarem de estar há até cinco meses sem receber salários. Inicialmente, a FEF manteve as datas do meio de semana mas, depois, optou pela suspensão dos jogos.