icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
22/11/2013
12:38

O clamor popular é para Maxi Rodríguez, pela última partida do meia uruguaio. Mas o atacante Eduardo Vargas também pode aparecer. A dúvida sobre qual estrangeiro vai sobrar no Grêmio para o jogo com a Ponte Preta, neste domingo, às 17h, no Moisés Lucarelli. O técnico Renato Gaúcho deixou a situação aberta e afirmou que vai levar os quatro jogadores para Campinas.

Os dois gols diante do Flamengo, no último domingo, colocaram Maxi nos braços da torcida. Os gremistas pedem chance para que o uruguaio possa jogar. Pelo limite de estrangeiros, o jovem de 23 anos só aparece quando Vargas está servindo a seleção chilena.

- É mais um problema, um problema bom, mas ninguém gosta de ficar de fora. O que posso falar é que os quatro vão viajar, e lá eu vou decidir. Um tem que ficar de fora. Um vai ficar de fora. Vai ter que ficar. Vamos ver. É o problema que o técnico tem. Quando os quatro estão à disposição. Me coloco no lugar do jogador, ninguém gosta de ficar de fora. Mas não posso usar todos e um vai ter que ficar de fora - disse o treinador sobre a situação.

Um dos temores de Renato após o jogo com os cariocas era de que Vargas retornasse cansado. O atacante atuou em duas partidas pelo Chile - vitória sobre a Inglaterra, em Londres, e derrota para o Brasil, em Toronto. Segundo o treinador, os testes feitos com o chileno demonstraram que ele está livre para ser escolhido.

- Ele teve tempo suficiente para descansar. Tiramos o ck (creatinoquinase) e está bom. Nos dá uma resposta sempre que queremos do jogador. É um jogador jovem, treinou normalmente, está se sentindo bem e vai viajar - explicou o treinador.

O Grêmio irá para Campinas neste sábado. O elenco tricolor ainda terá o treinamento na manhã deste sábado, no Estádio Olímpico.