icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
icons.title signature.placeholder Marcello Vieira
28/07/2013
18:02

O dia que começou com muita comemoração pelos 30 anos do primeiro título da Copa Libertadores conquistado pelo Grêmio, em 1983, terminou com festa para os gaúchos. O time de Renato Gaúcho venceu o Fluminense por 2 a 0 (Riveros e Kléber) e colocou muita pressão em Abel Braga, que após a quinta derrota consecutiva, pode estar com os dias contados no comando do Tricolor carioca.

Com a vitória, o Grêmio chegou aos 15 pontos e se aproximou do G-4. Por sua vez, o Flu seguiu com nove e entrou na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Fluminense encara o Cruzeiro, no Maracanã, nesta quarta-feira, às 19h30. Já o Grêmio encara o Corinthians, quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu.

FLU É MELHOR, MAS GRÊMIO LEVA MAIS PERIGO

O Fluminense começou o jogo sem temer o Grêmio. Com a marcação encaixada por setores a partir do meio-campo, dificultava as ofensivas do time gaúcho, que não conseguia armar as jogadas. Brigando por qualquer espaço, o Flu tinha o domínio da posse de bola, trocava bons passes e subia com qualidade pelas laterais, principalmente com Carlinhos. O primeiro bom lance do jogo foi justamente do camisa 6.

Aos 10 minutos, Rafael Sobis cobrou escanteio e Carlinhos fechou cabeceando na primeira trave para Dida defender. O time gaúcho respondeu no minuto seguinte. Elano bateu falta da entrada da área e acertou o poste.


Deco pouco conseguiu ajudar a equipe do Fluminense (Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press)

O lance assustou, mas não mudou o panorama da partida. O Tricolor carioca seguiu melhor e chegou bem duas vezes com Samuel. Na primeira, aos 19', Carlinhos cruzou para o atacante que, de cabeça, obrigou Dida a fazer mais uma boa defesa. Depois em ótima triangulação de Wellington Silva, o lateral-direito tocou para Deco, que lançou Samuel. O centroavante cabeceou, a bola quicou e passou ao lado da meta do adversário, contudo, o auxiliar assinalou impedimento de forma equivocada.

A partir dos 30 minutos, o Grêmio começou a chegar com perigo em jogadas esporádicas. Kléber arriscou de fora e por pouco não surpreendeu Cavalieri. Pouco depois, Barcos desviou cruzamento, a bola quicou com Cavalieri já batido e acertou a trave. O Grêmio crescia finalmente no jogo. No fim do primeiro tempo, Elano recebeu pela extrema esquerda e arriscou, obrigando o arqueiro do Flu a fazer linda defesa.

Terminou o primeiro tempo em empate sem gols. O Flu foi superior em grande parte do tempo, entretanto, o Grêmio assustou no fim e teve as melhores oportunidades.

GRÊMIO MARCA NO INÍCIO, ADMINISTRA E AMPLIA

A exemplo do final da primeira etapa, o Grêmio começou o segundo tempo oferecendo perigo ao Flu e logo aos cinco minutos abriu o placar. Em jogada pela esquerda, a bola foi levantada para a área e Riveros desviou de cabeça no canto esquerdo, sem chances para Cavalieri.


Riveros marcou seu primeiro gol com a camisa do Grêmio (Foto: Lucas Uebal/Grêmio)

Com a vantagem no placar, o tricolor gaúcho se fechou na defesa para tentar sair nos contragolpes. O Fluminense seguia com a posse, porém, com grande dificuldade para criar as chances.

O Tricolor conseguiu assustar 28 minutos com Sobis, que arriscou de fora da área sem sucesso. O Flu melhorou e aos 30', Sobis cruzou e Wágner desviou para a trave. Depois da pressão rápida, o time de Renato Gaúcho voltou a controlar o jogo e conseguiu ampliar com Kleber, aos 40 minutos. O atacante recebeu ótima bola na área, matou no peito e tocou por cima de Cavalieri, que nada conseguiu fazer. Fim de jogo. Festa do Grêmio e crise tricolor, que está na zona da degola.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 FLUMINENSE

Estádio: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 28/ 7/ 2013 - 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)
Renda / Público pagante:  R$ 1.234.670 / 28.793 pagantes
Cartões Amarelos: Gum (FLU)
Cartões Vermelhos: -

GOLS: Riveros, 4'/2ºT (1-0) e Kleber, 39'/2ºT (2 -0)

Grêmio: Dida, Pará, Alex Telles, Werley e Bressan; Riveros, Adriano (Ramiro, 29'/ 2ºT), Elano (Maxi Rodriguez, 33'/ 2ºT) e Zé Roberto (Gabriel, 43'/2ºT); Barcos e Kleber; Técnico: Renato Gaúcho

Fluminense: Diego Cavalieri, Wellington Silva (Diguinho - intervalo), Gum, Digão e Carlinhos; Edinho (Rhayner, 27'/ 2ºT) , Jean, Wágner (Kenedy, 35'/2ºT) e Deco; Rafael Sobis e Samuel; Técnico: Abel Braga

O dia que começou com muita comemoração pelos 30 anos do primeiro título da Copa Libertadores conquistado pelo Grêmio, em 1983, terminou com festa para os gaúchos. O time de Renato Gaúcho venceu o Fluminense por 2 a 0 (Riveros e Kléber) e colocou muita pressão em Abel Braga, que após a quinta derrota consecutiva, pode estar com os dias contados no comando do Tricolor carioca.

Com a vitória, o Grêmio chegou aos 15 pontos e se aproximou do G-4. Por sua vez, o Flu seguiu com nove e entrou na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Fluminense encara o Cruzeiro, no Maracanã, nesta quarta-feira, às 19h30. Já o Grêmio encara o Corinthians, quarta-feira, às 21h50, no Pacaembu.

FLU É MELHOR, MAS GRÊMIO LEVA MAIS PERIGO

O Fluminense começou o jogo sem temer o Grêmio. Com a marcação encaixada por setores a partir do meio-campo, dificultava as ofensivas do time gaúcho, que não conseguia armar as jogadas. Brigando por qualquer espaço, o Flu tinha o domínio da posse de bola, trocava bons passes e subia com qualidade pelas laterais, principalmente com Carlinhos. O primeiro bom lance do jogo foi justamente do camisa 6.

Aos 10 minutos, Rafael Sobis cobrou escanteio e Carlinhos fechou cabeceando na primeira trave para Dida defender. O time gaúcho respondeu no minuto seguinte. Elano bateu falta da entrada da área e acertou o poste.


Deco pouco conseguiu ajudar a equipe do Fluminense (Foto: Ricardo Rímoli/LANCE!Press)

O lance assustou, mas não mudou o panorama da partida. O Tricolor carioca seguiu melhor e chegou bem duas vezes com Samuel. Na primeira, aos 19', Carlinhos cruzou para o atacante que, de cabeça, obrigou Dida a fazer mais uma boa defesa. Depois em ótima triangulação de Wellington Silva, o lateral-direito tocou para Deco, que lançou Samuel. O centroavante cabeceou, a bola quicou e passou ao lado da meta do adversário, contudo, o auxiliar assinalou impedimento de forma equivocada.

A partir dos 30 minutos, o Grêmio começou a chegar com perigo em jogadas esporádicas. Kléber arriscou de fora e por pouco não surpreendeu Cavalieri. Pouco depois, Barcos desviou cruzamento, a bola quicou com Cavalieri já batido e acertou a trave. O Grêmio crescia finalmente no jogo. No fim do primeiro tempo, Elano recebeu pela extrema esquerda e arriscou, obrigando o arqueiro do Flu a fazer linda defesa.

Terminou o primeiro tempo em empate sem gols. O Flu foi superior em grande parte do tempo, entretanto, o Grêmio assustou no fim e teve as melhores oportunidades.

GRÊMIO MARCA NO INÍCIO, ADMINISTRA E AMPLIA

A exemplo do final da primeira etapa, o Grêmio começou o segundo tempo oferecendo perigo ao Flu e logo aos cinco minutos abriu o placar. Em jogada pela esquerda, a bola foi levantada para a área e Riveros desviou de cabeça no canto esquerdo, sem chances para Cavalieri.


Riveros marcou seu primeiro gol com a camisa do Grêmio (Foto: Lucas Uebal/Grêmio)

Com a vantagem no placar, o tricolor gaúcho se fechou na defesa para tentar sair nos contragolpes. O Fluminense seguia com a posse, porém, com grande dificuldade para criar as chances.

O Tricolor conseguiu assustar 28 minutos com Sobis, que arriscou de fora da área sem sucesso. O Flu melhorou e aos 30', Sobis cruzou e Wágner desviou para a trave. Depois da pressão rápida, o time de Renato Gaúcho voltou a controlar o jogo e conseguiu ampliar com Kleber, aos 40 minutos. O atacante recebeu ótima bola na área, matou no peito e tocou por cima de Cavalieri, que nada conseguiu fazer. Fim de jogo. Festa do Grêmio e crise tricolor, que está na zona da degola.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 FLUMINENSE

Estádio: Arena Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data/hora: 28/ 7/ 2013 - 16h00 (de Brasília)
Árbitro: Raphael Claus (SP)
Auxiliares: Alessandro Rocha de Matos (BA) e Emerson Augusto de Carvalho (SP)
Renda / Público pagante:  R$ 1.234.670 / 28.793 pagantes
Cartões Amarelos: Gum (FLU)
Cartões Vermelhos: -

GOLS: Riveros, 4'/2ºT (1-0) e Kleber, 39'/2ºT (2 -0)

Grêmio: Dida, Pará, Alex Telles, Werley e Bressan; Riveros, Adriano (Ramiro, 29'/ 2ºT), Elano (Maxi Rodriguez, 33'/ 2ºT) e Zé Roberto (Gabriel, 43'/2ºT); Barcos e Kleber; Técnico: Renato Gaúcho

Fluminense: Diego Cavalieri, Wellington Silva (Diguinho - intervalo), Gum, Digão e Carlinhos; Edinho (Rhayner, 27'/ 2ºT) , Jean, Wágner (Kenedy, 35'/2ºT) e Deco; Rafael Sobis e Samuel; Técnico: Abel Braga