icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
02/04/2014
23:54

O Grêmio é o primeiro time brasileiro classificado às oitavas de final da Copa Libertadores. A confirmação da passagem de fase veio com a vitória desta quarta-feira, sobre o Atlético Nacional, em Medellín, na Colômbia, por 2 a 0. Dudu e Barcos marcaram os gols.

Com o resultado, o time gaúcho chegou aos 11 pontos, tornando-se líder absoluto do Grupo 6, com três pontos a mais que o Newell's Old Boys. Na última rodada, o Tricolor cumpre tabela contra o já eliminado Nacional-URU, enquanto os argentinos e colombianos duelarão pela segunda vaga do grupo.

O Grêmio deu aula de tranquilidade. Sem se desesperar e se valendo de uma defesa sólida, a equipe deu campo para o Atlético Nacional tocar a bola, tocar a bola, tocar, tocar... Os comandados de Enderson Moreira mostraram uma eficácia defensiva que foi suficiente para não passar sustos durante a primeira etapa, exceto em um chute despretensioso de longe, que desviou na zaga, obrigando Grohe a mostrar recuperação e mandar para escanteio.

No ataque, Barcos sofreu com a solidão. O Grêmio não conseguiu encaixar os contra-ataques e o goleiro Armani quase não sujou o uniforme. Dudu foi o único a conseguir uma chance clara, mas não acertou o pé.

Mas o mesmo Dudu não titubeou quando teve outra oportunidade. Logo no começo do segundo tempo, com um Grêmio mais dinâmico na frente - os volantes encostando mais -, o meia-atacante recebeu na cara de Armani e abriu o placar aos 7 minutos.

Apesar da pressão colombiana, que obrigou Marcelo Grohe a mostrar serviço em pelo menos três ocasiões com belas defesas, Barcos, com um toque sutil sobre o goleiro, sepultou as investidas dos donos da casa e confirmou: Grêmio na próxima fase.

ATLÉTICO NACIONAL 0 X 2 GRÊMIO

Local: Atanasio Girardot, em Medellín (COL)
Data/Hora: 2/4/2014, às 22h (de Brasília)
Árbitro: Enrique Cáceres (PAR)
Auxiliares: Carlos Cáceres e Juan Zorrilla
Cartões amarelos: Pará (GRE)
Cartões vermelhos: -
Gols: Dudu, 7'/2ºT (0-1); Barcos, 24'/2ºT (0-2)

ATLÉTICO NACIONAL: Armani; Bocanegra, Murillo, Henríquez (Berrío, 16'/2ºT), Díaz (Páez, 34'/2ºT); Medina, Mejía, Valencia; Cárdenas, Cardona; Ángel (Duque, 13'/2ºT). Técnico: Juan Carlos Osorio.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Werley e Wendell; Edinho, Ramiro, Riveros e Dudu (Geromel, 44'/2ºT); Luan (Alan Ruíz, 37'/2ºT) e Barcos (Léo Gago, 46'/2ºT). Técnico: Enderson Moreira.