icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/03/2014
16:21

O confronto promete ser quente e tem cara de decisão dentro do Grupo 6 para o Grêmio, na noite desta quarta-feira. O duelo com o Newell’s Old Boys, na Argentina, pode ajudar o Tricolor a se manter na ponta e encaminhar a classificação ou então igualar três equipes com sete pontos. Por isso, o empate não é considerado mau resultado pelos experientes Rhodolfo e Barcos. O segundo tempo na Arena virou exemplo para a partida de logo mais, que conta com transmissão em Tempo Real pelo LANCE!Net.

O Atlético Nacional (COL) venceu o Nacional (URU) e igualou os sete pontos do Tricolor. O Newell’s, vencendo, também chega na mesma pontuação – os gaúchos têm colombianos fora de casa e uruguaios em Porto Alegre na sequência. Por isso, o jogo de hoje cresceu em importância.

- Viemos para ganhar, não viemos ver o que acontece. Se não se pode ganhar, é importante não perder. Um ponto vai servir, mas o mais importante é a vitória – classificou o camisa 9 Barcos.

- Só damos valor a um ponto se perdemos ele. Se não der para vencer, o empate não é mau resultado, não. Temos que vir aqui pensando na vitória. Temos um grupo qualificado para isso – completou o zagueiro Rhodolfo.

A atuação gremista na segunda etapa do 0 a 0 na Arena é lembrada pelo defensor como exemplo para o jogo de logo mais. Os tricolores precisam valorizar a bola e agredir o adversário. No Estádio Marcelo Bielsa, são 16 partidas e 270 dias sem derrota.

- É uma equipe de muita qualidade, sai jogando sem medo. Tem muita confiança aqui dentro. A torcida empurra bastante Temos que igualar nosso segundo tempo na Arena, conseguimos anular o time deles e criamos bastante chances. O Marcelo não fez nenhuma defesa. Nos comportamos bem, é manter a mesma postura. Não sofrendo gols, tenho certeza que a gente vai fazer – disse Rhodolfo.

O Grêmio terá uma mudança em relação a última semana. Trata-se de Dudu na vaga de Zé Roberto, que teve lesão no tornozelo esquerdo e ficará um mês longe dos gramados. O time deve ter Marcelo Grohe; Pará, Werley, Rhodolfo e Wendell; Edinho, Ramiro, Riveros, Luan e Dudu; Barcos.