icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
25/04/2014
08:04

O Grêmio deve entrar com time misto no jogo com o Atlético-MG, neste domingo, às 18h30, na Arena. Ao menos, é o que indicou o técnico Enderson Moreira no desembarque do clube gaúcho. O comandante afirmou que a comissão técnica irá fazer uma avaliação detalhada sobre os jogadores e não quer correr risco de perder ninguém para a decisão com o San Lorenzo, na próxima quarta-feira, também em Porto Alegre.

Em desvantagem após a derrota por 1 a 0 para o San Lorenzo, na Argentina, o Tricolor precisa estar com o time descansado para o jogo. Até porque a necessidade será de pressionar o time argentino em busca de dois gols. E a tendência é de um rival fechado na Arena, na próxima quarta.

- Vamos avaliar. Temos um jogo importante na próxima quarta e não podemos ter riscos de perder algum jogador por conta de desgaste físico - explicou Enderson Moreira.

Para o primeiro jogo das oitavas, o Grêmio já perdeu o zagueiro Rhodolfo, lesionado, e o lateral-esquerdo Wendell. Ambos ainda não tem data de retorno - o lateral pode atuar na próxima quarta-feira, enquanto o zagueiro não jogará. Além disso, Léo Gago deixou o Nuevo Gasómetro com torção no tornozelo esquerdo. Outro desfalque. Por outro lado, Luan garante que já não tem mais receio de jogar após a cirurgia na mão direita.

O Grêmio começa a preparação para o jogo com o Atlético-MG nesta sexta-feira, à tarde. O rival chega da Colômbia, onde perdeu para o Atlético Nacional (COL), nesta sexta, em momento de transição. Após demitir Paulo Autuori, os mineiros confirmaram a contratação de Levir Culpi para a vaga, que já comanda o time na Arena.