icons.title signature.placeholder Marco Stamm
27/04/2014
20:28

O Grêmio escalou um time com oito reservas, não tomou conhecimento do Atlético-MG, fez 2 a 1 na partida deste domingo na Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS), e conseguiu sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Agora, os gaúchos somam três pontos e estão em décimo lugar na classificação. O Galo continua sem vencer e tem apenas um ponto, em 15º.

O próximo compromisso dos times é pela Libertadores da América. Ambos perderam na partida de ida das oitavas de final e precisam vencer, em casa, por dois gols de diferença. Na quarta-feira, o Grêmio enfrenta o San Lorenzo (ARG), e na quinta-feira o Atlético pega o Atlético Nacional (COL).

O JOGO

Os times entraram em campo com situação semelhante na temporada. Ambos perderam os Estaduais, perderam as partidas de ida nas oitavas de final da Libertadores e não venciam há três jogos. O Grêmio priorizou a competição continental e preservou titulares. Já o Galo, que teve a estreia do técnico Levir Culpi, foi com força total.

Os jovens gremistas não se intimidaram com os campeões da Libertadores e foram para cima do Galo. Já no primeiro minuto, o volante Alán Ruiz chutou de fora e deu trabalho para Victor. O gol veio aos dez minutos, quando o mesmo Alán Ruiz cobrou falta no canto direito de Victor, que não segurou o forte chute.

O Grêmio fez 2 a 0 aos 21 minutos com uma falha grotesca de Alex Silva. O zagueiro recuou uma bola na fogueira para Victor e o atacante Lucas Coelho se antecipou, deu o drible da vaca no goleiro e ampliou o placar para o Tricolor Gaúcho.

O Atlético só chegou com perigo aos 28 minutos. Ronaldinho cobrou falta pela esquerda e o goleiro Marcelo Grohe tirou a bola de cima da linha, deixando dúvida nos jogadores atleticanos, que pediram a marcação do gol.

Como num jogo de xadrez, aos poucos o Galo foi se encontrando no jogo e dominando os espaços. Pela esquerda, o Atlético cruzou uma bola nos pés de Fernandinho, que bateu cruzado perigosamente.

Mesmo com maior posse de bola, o Galo não conseguia criar pelo meio campo. Ronaldinho, que foi vaiado e chamado de traidor, foi muito mal e deixou o Atlético na mão.

GALO MELHORA

No começo do segundo tempo, o Galo continuou jogando sem objetividade. Ao contrário, o Grêmio chegava com perigo. Aos cinco minutos, Breno cruzou da esquerda e ninguém subiu para combater Lucas Coelho, que cabeceou levando perigo ao gol de Victor. Aos 16 minutos, Rodriguinho entrou pela área e chutou à queima-roupa para defesa milagrosa de Victor, que impediu o terceiro gol gremista. Aos 19 minutos, o meia voltou a tentar contra a meta atleticana. Chutou de fora e a bola passou perto da trave.

Aos 20 minutos, o estreante Levir Culpi tentou acabar com a apatia atleticana. Tirou o vaiado Ronaldinho para colocar Guilherme e trocou Diego Tardelli por Marion. O time ficou mais rápido e começou a chegar ao gol de Marcelo Grohe sem muito perigo. O treinador gastou a última substituição tirando Leandro Donizete para colocar André na frente.

Deu certo: aos 38 minutos do segundo tempo, Jô recebeu cruzamento na linha de fundo, escorou para trás, nos pés de Fernandinho, que, de esquerda, chutou uma bomba no canto esquerdo de Marcelo Grohe, diminuindo o placar.

O Atlético continuou martelando e aos 45 minutos André chutou com força no ângulo do goleiro Marcelo Grohe, que fez linda defesa. Porém, mesmo com a melhora, o Atlético não conseguiu o empate.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 1 ATLÉTICO-MG

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data-hora: 27/4/2014 – às 18h30
Árbitro: Wagner Reway (MT)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (Fifa/SC) e Neuza Inês Back (Fifa/SC)
Renda e público: R$ 274.344,00 / 7.954 pagantes / 10.986 presentes
Cartões amarelos: Alán Ruiz, Rodriguinho, Bressan (GRE); Otamendi. Leonardo Silva, André (ATL)
Cartões vermelhos: Bressan (GRE)

GOLS: Alán Ruiz 10'/1ºT (1-0); Lucas Coelho 21'/1ºT (2-0); Fernandinho 38'/2ºT (2-1)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Moisés, Bressan, Saimon e Breno; Ramiro, Matheus Biteco, Alán Ruiz e Rodriguinho (Wallace - 38'/2ºT; Luan (Everton - 20'/2ºT) e Lucas Coelho (Rafael Thyere - 43'/2ºT). Técnico: Enderson Moreira.

ATLÉTICO-MG: Victor; Alex Silva, Leonardo Silva, Otamendi e Emerson da Conceição; Pierre, Leandro Donizete (André - 30'/2ºT), Diego Tardelli (Marion - 20'/2ºT) e Ronaldinho (Guilherme - 20'/2ºT); Fernandinho e Jô. Técnico: Levir Culpi.