icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
09/03/2014
20:37


Apesar do susto no início, o Grêmio fez um jogo convincente na Arena, contra o Passo Fundo. Mas o principal "lance" da partida aconteceu antes do apito inicial, quando os atletas entraram em campo com a faixa "Racismo Não" como crítica aos acontecimentos infelizes da última semana. Em campo, o Imortal se impôs, venceu por 3 a 1, gols de Barcos e Luan, e garantiu a classificação no Grupo B.

O Passo Fundo saiu na frente logo aos dois minutos com Bruninho, de cabeça. Mas, além de um chute no travessão de Hyantony, ainda no primeiro tempo, o Tricolor visitante pouco ameaçou. Coube ao Grêmio tomar conta do jogo, o que a equipe fez com os gols e mais de 60% de posse de bola ao final da partida. O gol de empate saiu rápido, aos seis minutos, com Barcos, mas a vitória não veio no primeiro tempo, mesmo com o domínio.

No segundo tempo, mais um gol aos dois minutos. Todo o trabalho do Grêmio na primeira etapa foi simplificado no primeiro lance da segunda, com mais uma cabeçada de Barcos e a virada no placar. O domínio continuou, mas os cruzamentos errados impediam a tranquilidade no jogo. Mas o terceiro gol veio, e dos pés das promessas Luan e Dudu. Em mais um cruzamento, o camisa 17 rolou para  Luan, e o novo xodó fez um golaço, de primeira.

O resultado deixou o Grêmio ainda mais líder, com 25 pontos e cinco de vantagem para o segundo colocado Caxias. O Passo Fundo afundou, e não tem mais chances de permanecer na Série A do Gaúcho.

FICHA TÉCNICA:

Grêmio x Passo Fundo

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data/Hora: 9 de fevereiro de 2014, às 18h30
Árbitro: Francisco Silva Neto (RS)
Assistentes: Lúcio Flor (RS) e João Monteiro Júnior (RS)
Cartões amarelos: Gustavo e Anelka (PSF)
Cartões vermelhos:

Gols: Bruninho, aos 2'/1ºT(0-1), Barcos, aos 6'/1ºT (1-1) e 2'/2ºT (2-1), e Luan, aos 24'/2ºT


GRÊMIO: Grohe; Pará, Werley, Rodolpho e Wendell (Tinga); Edinho (Dudu), Ramiro, Riveros e Zé Roberto; Luan (Alan Ruíz) e Barcos

PASSO FUNDO: Bruno Grassi; Rodrigo Vareta, Gil, Ediglê e Gustavo (Cassiano); Mateus Santana, Anelka, Márcio Reis e Lenílson (Felipe); Bruninho e Hyantony