icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
30/11/2013
19:09

O rival é o Goiás, às 19h30 deste domingo, na Arena. Como não poderia deixar de ser, as atenções estão voltadas para o atacante Walter, principal destaque dos goianos. O lateral-esquerdo Alex Telles admite uma tentativa de desestabilização emocional do goleador esmeraldino dentro de campo. Vale tudo para vencer e garantir a classificação para a Libertadores, se o Botafogo assim ajudar.

- Dentro de campo muita coisa acontece. Provocação, mas sem maldade. O emocional alterna para o lado bom e ruim. Não podemos dar espaço para ele, tem finalização muito boa, já fez muitos gols no campeonato. Sabe fazer gol, já provou isso. O Goiás tem um elenco forte, a jogada com o Walter é forte, mas em campo vale tudo para conseguir a vitória. Temos inteligência suficiente para sair com os três pontos no domingo - disse o camisa 13, escolhido o melhor lateral-esquerdo do Brasileirão na eleição feita pela CBF.

A defesa gremista prega muito cuidado com o camisa 18 do Goiás, que acabou sua formação no rival Internacional e soma o mesmo número de gols - 29 - dos três principais atacantes do Grêmio, Kleber, Barcos e Vargas. A saída é não dar espaço para o "gordinho" se mpvimentar e apertar os companheiros que deixam Walter em boas condições de finalizar. No primeiro turno, o atacante marcou os dois gols da vitória goiana, inclusive dando um "lençol" em Bressan.

- Conheço o Walter desde que ele jogava aqui no Inter e eu estava no Juventude. Tem força física e alia isso à técnica. É um grande jogador. Faz um belo campeonato. Tem que ter muita atenção com ele, mas com outros jogadores do Goiás também. Ele desequilibra realmente, mas tem que ter atenção com todos - disse o zagueiro Bressan.