icons.title signature.placeholder Bruno Andrade
07/07/2014
17:35

O Grêmio sonha com a contratação do técnico Luiz Felipe Scolari para assumir um cargo na diretoria de futebol logo após a Copa do Mundo deste ano. Felipão seria uma espécie de coordenador, função parecida com a exercida hoje por Carlos Alberto Parreira na Seleção Brasileira.

Hoje, o clube gaúcho tem dois nomes fortes trabalhando na gerência de futebol: o diretor-executivo Rui Costa e o assessor Marcos Chitolina. O presidente Fábio Koff também participa das discussões do setor.

Recentemente, o LANCE!Net revelou que o empresário iraniano Kia Joorabchian, ex-presidente da MSI, antiga parceira do Corinthians, recebeu aval para negociar o futuro de Felipão, que está no comando da Seleção Brasileira desde dezembro de 2012.

Além de Felipão, o Grêmio estudava a contratação do técnico paraguaio Chiqui Arce, atualmente no Cerro Porteño (PAR). O ex-lateral-direito, porém, não tem interesse de trabalhar no futebol brasileiro no momento. Contratado no fim do ano passado, Enderson Moreira deverá seguir no cargo.

Felipão, hoje com 65 anos, é velho conhecido da torcida gremista. O treinador comandou o Tricolor em 1987 e entre 1993 e 1997, onde conquistou três títulos do Campeonato Gaúcho (1987, 1995 e 1996), uma Copa do Brasil (1994), uma Libertadores (1995), uma Recopa Sul-Americana (1996) e um Campeonato Brasileiro (1996).