icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
19/07/2014
08:09

Depois de retomar o Brasileirão com empate, na Arena, o Grêmio volta a jogar já neste sábado, contra o Figueirense, no Orlando Scarpelli, às 18h30. Mesmo que o rival habite a parte mais baixa da tabela, os gremistas fazem coro e afirmam que o jogo será difícil. Mas a projeção é de recuperar os pontos que ficaram contra o Goiás diante dos catarinenses.

Sem fazer nenhum ponto dentro de casa, o Figueira tem apenas sete pontos ganhos e é 17° colocado. O Grêmio é o nono, com 16. Apesar da discrepância na tabela, em campo as ações se equivalem.

- Sabemos que É uma equipe muito dura. Tivemos a chance de fazer os três pontos em casa, com a nossa torcida, e não deu, então vamos fazer o possível para conseguir os três pontos lá - disse o argentino Alán Ruiz.

O comandante gremista não deve fazer nenhuma mudança na equipe. Enderson Moreira acredita que seu time pode aproveitar alguns espaços que projeta que o Figueirense deixará, por jogar em casa.

- É jogo dos mais difíceis. A equipe está lá embaxo, mas busca o resultado e se qualificou. Conseguiu uma grande vitória. Ganhar nunca é fácil ganhar do Coritiba. A expectativa de um jogo difícil, esperamos que eles possam dar alguns espaços e que a gente possa produzir melhor - avaliou Enderson.

O Grêmio deve ter Marcelo Grohe; Pará, Rhodolfo, Pedro Geromel e Saimon; Ramiro, Riveros, Alán Ruiz, Giuliano e Luan; Barcos. Os gremistas tentam superar um jejum de quatro jogos sem marcar e sem vencer no Brasileirão. O estado vizinho, porém, traz boas lembranças: a única vitória fora de casa veio contra a Chapecoense, com dois gols de Barcos.