icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
20/04/2014
10:04

A estreia no Campeonato Brasileiro, neste domingo, antecede um dos jogos mais importantes, senão o mais, do Grêmio na temporada. O confronto com o Atlético-PR, em Santa Catarina, precede o duelo pelas oitavas de final da Libertadores, com o San Lorenzo. O que tem o seu lado bom, apesar da maratona: retomada de confiança para os gremistas, com uma vitória.

Este é um dos objetivos dos comandados de Enderson Moreira para o jogo com os paranaenses. A recuperação após a goleada no Gre-Nal que decidiu o Campeonato Gaúcho é urgente, pelo clima que o elenco gremista encarou após a perda do título. Torcedores xingaram os jogadores durante um treinamento. Outros ofenderam o diretor-executivo Rui Costa em restaurante. E a confiança caiu, apesar da boa campanha na Libertadores.

- Qualquer vitória anima o grupo. Temos que estar sempre empenhados em fazer um jogo seguinte melhor que o anterior. Estamos tranquilos e sabemos o quanto o Brasileirão é difícil. Será complicado, mas vamos tentar vencer para começar bem e ganhar motivação - admitiu Dudu.

A rotina gremista será complicada antes das oitavas. O Tricolor volta da capital catarinense de ônibus, logo após o jogo deste domingo. Tem chegada prevista em Porto Alegre para o início da madrugada. Treina na manhã e viaja à tarde para Buenos Aires.

- Gostaria de ganhar todos os jogos e sempre jogar bem, às vezes conseguimos ganhar e não jogar bem, às vezes jogamos bem e não ganhamos, mas queremos os dois sempre. Que eles possam reestabelecer isso. É importante retomar o trabalho - completou o técnico Enderson Moreira.

O Tricolor está confirmado com a mudança na zaga: Bressan e Pedro Geromel entram na vaga de Werley e Rhodolfo, poupados por conta de uma recuperação física mais lenta. O time terá Marcelo Grohe; Pará, Bressan, Geromel e Breno; Edinho, Ramiro, Riveros, Zé Roberto e Dudu; B Barcos.