icons.title signature.placeholder LANCEPRESS!
24/04/2014
08:00

É bastante incomum. Mas o Grêmio deixou a impressão de ter saído feliz com o resultado de 1 a 0 para o San Lorenzo, no Nuevo Gasómetro. Vivo nas oitavas de final da Libertadores, foi unânime no vestiário gremista: o time conseguiu retomar parte da confiança perdida com as derrotas para o Internacional e para o Atlético-PR, mesmo que o resultado não tenha sido de vitória.

Os discursos foram bastante positivos no vestiário do estádio do Ciclón. Do treinador aos jogadores, além da manifestação dos dirigentes. Todos exalaram confiança para o jogo de volta, na próxima semana, na Arena. Parece que o momento de abalo foi deixado de lado e a mudança anímica pedida pelo presidente Fábio Koff apareceu.

- Não tivemos o resultado que poderíamos ter, mas foi importante como jogamos, como competimos. Dá mais confiança para fazer um grande jogo na quarta-feira - disse Enderson Moreira.

- Se a gente for colocar na balança, tivemos mais volume. Mas futebol é injusto. Essa derrota nos faz mais fortes pela forma como jogamos. Estamos cofiantes e temos totais condições de reverter na Arena. O jogo foi uma reposta de que estamos no caminho certo - garantiu o meia Zé Roberto, na mesma linha.

Na Arena, o Tricolor precisa vencer por 2 a 0 para se classificar de maneira direta ou repetir o 1 a 0 e levar a partida para os pênaltis. Vitória por um gol de diferença, com o San Lorenzo marcando gol, dá classificação aos argentinos, assim como qualquer empate. Os gremistas pedem que o estádio esteja lotado para que o ambiente seja de total apoio aos tricolores.

No domingo, o Grêmio tenta retomar o caminho das vitórias contra o Atlético-MG, na Arena. Ainda não há confirmação se Enderson Moreira irá optar por poupar alguns jogadores antes do jogo de volta das oitavas. O desembarque gremista está previsto para as 15h20 desta quinta-feira.